CLIQUE NA IMAGEM:

terça-feira, 3 de março de 2015

AJUDE O TRIÂNGULO DA FRATERNIDADE.

ADQUIRA CONVERSA DE TERREIRO E PAGUE EM ATÉ 8 VEZES, 
COM FRETE GRATUITO PARA TODO O BRASIL​
LIVRARIA DO TRIÂNGULO​:​




Ao adquirir este livro, você estará contribuindo com a manutenção do Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade e com o custeio de nossa comissão de obras. 
Todos os valores arrecadados destinam-se a este fim e os direitos autorais estão doados integralmente a esta causa.


segunda-feira, 2 de março de 2015

LANÇAMENTO: LIVRO CONVERSA DE TERREIRO. CONVITE PARA SESSÃO DE AUTÓGRAFOS E RITO DE LOUVAÇÃO À OGUM 7 ESTRADAS.



- Na próxima sexta-feira, dia 06/03/15, às 19 h e 00 min, no Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade, rua Barão de Tramandaí, 23 Porto Alegre RS, teremos uma sessão de autógrafos referentes ao lançamento do livro CONVERSA DE TERREIRO. Nesta mesma data e local, acontecerá uma SESSÃO DE CABOCLOS, COM RITO DE LOUVAÇÃO A OGUM 7 ESTRADAS (PASSES E ACONSELHAMENTOS ESPIRITUAIS).

SINOPSE: Esta obra, escrita na forma de causos e contos, é material de estudos do comportamento humano. São descritos os mais diversos problemas aflitivos, que as pessoas buscam solucionar através da terapia mediúnica num Centro de Umbanda. O espírito Senhor Gargalhada, boêmio e músico no início do século XIX, hoje exímio conhecedor das mazelas humanas, notadamente no campo psíquico dos relacionamentos conflituosos; alegre e descontraído, irreverente e violeiro, no Plano Astral entre versos e cantos vai despertando e “alegrando” os sofredores, socorrendo-os e instruindo-os nos ensinamentos de Jesus. Temas controversos do cotidiano dos terreiros são esmiuçados: trabalhos de magia visando resultados imediatistas com a serventia de espíritos oportunistas; obsessões de todos os matizes; amarrações amorosas ou trabalhos feitos para atrair parceiro; saídas do corpo durante o sono físico; processos de vampirismo fluídico; animismo descontrolado ou mediunidade deseducada; ressonâncias de vidas passadas; imediatismo mediúnico pela sede de poder e de mando - entre tantos outros, numa demonstração clara do despreparo e imaturidade em relação aos assuntos do trato espiritual.
       Sem dúvida, partindo de uma visão interna, de quem vivencia os dois lados da vida na dinâmica de intermediário através da mediunidade na Umbanda, trata-se de obra de singular conteúdo, imprescindível na estante de todo estudioso espiritualista.

AUTOR: Lis Chaves, médium trabalhadora nos passes, aconselhamentos espiritual e dirigente dos atendimentos com apometria. Este seu primeiro livro, Conversa de Terreiro, redigido com a inspiração do espírito Senhor Exu Gargalhada é uma nova etapa que se inicia nas suas tarefas mediúnicas.

  Ao adquirir este livro, você estará contribuindo com a manutenção do Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade e com o custeio de nossa comissão de obras.

    Todos os valores arrecadados destinam-se a este fim e os direitos autorais estão doados integralmente a esta causa.

Depois de falecidos...

           
        As pessoas que forjam consultas de má-fé, solicitando diagnósticos e medicamentos para pessoas falecidas, ignoram que o espírito do amigo ou o parente desencarnado, escolhido para a burla, pode ainda encontrar-se preso ou imantado ao próprio ambiente onde viveu tão apegado, tal qual o caramujo preso à sua casca. É muito comum os terrícolas, depois de desencarnados, ainda prosseguirem, em espírito, manietados às tricas domésticas do lar, onde manifestaram o ciúme, a avareza, a ira, a intolerância ou as arbitrariedades costumeiras. Depois de falecidos, esgotados e impotentes para alcançarem as regiões de nível espiritual superior, eles continuam a interferir na vida dos seus familiares, obstinados em cuidar dos assuntos e problemas que os ocupavam em vida.

Ramatís - do livro Mediunidade de Cura.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Intuição e incorporação...


PERGUNTA: — Poderíamos considerar o médium intuitivo como um tipo exatamente oposto ao de incorpora­ção? Ambos não representam os dois tipos clássicos de médium "consciente" e de médium inconsciente, situados, portanto, em extremos completamente opostos?
RAMATÍS: — A escala da faculdade mediúnica é muito extensa e variada. O médium, que é também um indivíduo senhor de vasta ou reduzida bagagem psíquica milenária, está sempre presente animicamente e com o seu acervo pes­soal na comunicação mediúnica dos desencarnados. É difi­cílimo, pois, encontrar dois médiuns cuja moral, tempera­mento, cultura ou poder mental coincidam rigorosamente entre si e, por isso, produzam comunicações perfeitamente semelhantes. Mesmo quando se trata de médium de incor­poração completa, e inconsciente, a sua bagagem psíquica e a contextura de sua individualidade espiritual sempre influem nas comunicações mediúnicas, impondo certa pecu­liaridade pessoal do mesmo. Só em caso de morte física é que o espírito se desliga completamente do corpo carnal, que passa a ser o "cadáver" absoluto, o corpo sem vida e sem qualquer possibilidade de influir exteriormente.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics