sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Fogo purificador ministrado pelos Exus - técnicos do Senhor.


PERGUNTA: — Que acontece a esses espíritos enfermos, depois de limpos ou purificados na sua vestimenta perispiritual pela terapêutica dos charcos infernais?
RAMATÍS: — A duração do processo de expurgação perispiritual é de conformidade com a natureza mais volumo­sa ou reduzida da carga deletéria aderida ao ser. Há espíritos que purgam seus resíduos tóxicos em alguns meses do calendário terreno; outros, gastam tanto tempo que lhes parece uma condenação eterna nas labaredas purificadoras do Inferno. Os mais esclarecidos, apesar de retrógrados, ajudam o expurgo para mais breve, socorrendo-se da oração, e assim, dinamizan­do suas próprias energias mentais e espirituais em favor da aceleração do processo de limpeza.
Assim como a limpeza da lâmpada proporciona maior evasão de luz para o exterior, o esforço da oração conjuga­do à sucção incessante do lodo absorvente dos charcos astralinos também limpa a tessitura do perispírito e favore­ce maior amplitude à chama divina agasalhada na intimida­de da alma. Essa luminosidade crescente permite que os espíritos socorristas, em vigilância nas margens dos charcos do Além, possam identificar os infelizes já em condições de serem arrebanhados para o tratamento final nas enfermarias das colônias espirituais, para depois um novo retomo às reencarnações.

PERGUNTA: — Que aconteceria aos espíritos demasia­damente sobrecarregados pelos resíduos tóxicos, caso não conseguissem verter seu conteúdo mental deletério nos char­cos do astral inferior?
RAMATIS: — Quando há perigo de "petrificação" da escória aderida ao perispírito de almas embrutecidas no excesso das satisfações animais, há o recurso espiritual do "fogo etérico" ou "fogo purificador" ministrado pelos técnicos do Senhor. Isso lhes queima o excesso da crosta petrificada ,na mentalização e materialização de crimes, ódios, cruelda­des, tiranias e violências, que exerceram nas vidas físicas e ainda mais lhes aviva a idéia do Inferno. Porventura, tam­bém não usais processos incômodos e severos para a desin­toxicação do corpo físico, como o "banho turco" ou a "sauna", que ajudam a expelir as toxinas?
      Sob processos impossíveis de compreensão por vós, esses retardatários sofrem a ação benfeitora do fogo etéreo no seu perispírito compacto pelas substâncias petrificantes, que assim se desintegram e se volatizam, proporcionando uma "limpeza" perispiritual reequilibrante.

Do livro Sob a Luz do Espiritismo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics