sexta-feira, 30 de março de 2012

Os esforços das falanges das sombras

              As falanges das sombras envidam todos os esforços para destruírem as atividades benfeitoras que tentam esclarecer o homem quanto à sua verdadeira responsabilidade espiritual. É óbvio que a criatura terrena esclarece-se à medida que se desprende das faixas vibratórias dos espíritos viciosos e afeitos a toda sorte de paixões degradantes.
            Assim que o homem assume a consciência de seus atos, controlando suas emoções e pensamentos, é indubitável que ele também se liberta da condição de um "repasto vivo" das entidades desencarnadas afeitas a todas as torpezas e aberrações. Em conseqüência, as falanges das sombras realmente combatem com fúria as atividades espiríticas, na Terra,

quarta-feira, 28 de março de 2012

Transição planetária - opinião.

Pai Valdo - Sacerdote Dirigente do T. E. do Cruzeiro da Luz. 
           Nos dias 17 e 18 de março tive a honra de participar do Encontro da Associação das Fraternidades Ramatís – AFRAM, na Sociedade Espírita Ramatis – SER. Dentre os assuntos importantes e de grande interesse espiritual, pude constatar a grande preocupação que existe em relação a Transição Planetária, que será, inclusive, o tema do próximo Congresso Ramatisiano da AFRAM aqui no Rio de Janeiro. Diante de tantas coisas faladas e ouvidas  a respeito da Transição Planetária, inclusive dando-se ênfase ao sentido catastrófico e destruidor em relação ao ambiente terrestre em que vivemos, e tratando-se de um tema abordado por Ramatis em suas obras com veemência, resolvi perguntar ao Pai Ventania, na sua visão,  o que seria a Transição Planetária.

Nova espiritualidade terrestre


terça-feira, 27 de março de 2012

Atuação do clero sacerdotal no umbral

          Não há dúvida de que existe do "lado de cá" um grande movimento sustentado pelo Clero Romano, no sentido de tolher as atividades do Espiritismo; e trata-se de iniciativa comandada pelos maus sacerdotes, isto é, por aqueles que, na Terra, já viveram vida corrupta e censurável no seio dos próprios templos. Foram homens que, em vez de cumprir com dignidade os propósitos assumidos para com a Igreja Católica, só buscaram no mundo os gozos e os benefícios ilícitos protegendo-se pela santidade das vestes sacerdotais. Quando encarnados, foram prejuízos vivos contra a própria comunidade a que pertenceram, porquanto desmentiam o

segunda-feira, 26 de março de 2012

Os trabalhos mediúnicos de baixo nível moral

         Pois se os espíritos "das sombras" perseguem e tentam aniquilar os centros espíritas onde prevalece o Evangelho do Cristo, é óbvio que eles prestam seu apoio e incentivam todos os esforços, reuniões e agremiações espiríticas ou de Umbanda, onde os conceitos possam ser deformados e ridicularizados. Deste modo, os mentores do astral inferior recomendam aos seus tutelados que assistam os trabalhos mediúnicos de baixo nível moral, onde a tolice, o ridículo, a vaidade e o interesse mercenário constituem um verdadeiro "desserviço" à linhagem iniciática do Espiritismo.

sábado, 24 de março de 2012

O dom supremo - amor


              Todos nós, em algum  momento da vida , já fizemos a mesma pergunta que todas as gerações também fizeram :
           Qual é a coisa mais importante da nossa existência  ?
           Queremos empregar nossos dias da melhor maneira, pois ninguém mais pode viver por nós. Então precisamos  saber , para onde devemos dirigir nossos esforços , qual o supremo objetivo a ser alcançado ?

sexta-feira, 23 de março de 2012

Sacrifícios rituais


Sendo Deus amor e misericórdia, qual não deve ser sua decepção  ao ver a obra mais perfeita de sua criação, o ser humano, a quem dotou de inteligência superior a dos demais seres vivos e de uma alma imortal com a prerrogativa ainda de poder evoluir através das reencarnações, cometer verdadeiras atrocidades contra todo o resto que foi criado? Onde estaria a coerência e a justiça  de Deus ao criar  os animais para depois ficar indiferente ao fato de vê-los imolados em seu sacrifício? Como imaginar a satisfação dos Orixás, desdobramentos da essência Divina e cujos pontos de força se localizam na própria  natureza, recebendo em oferenda a carne, sangue e vísceras dos mesmos animais que fazem parte da fauna de seus reinos?

quinta-feira, 22 de março de 2012

O anti-fraternismo e os conflitos no centro espírita

        Os centros espíritas podem falir ou ser "desmanchados" pelos seus próprios componentes "vivos", sem mesmo haver interferência dos "mortos", pois a vaidade, a obstinação, o amor-próprio, a ignorância, o ciúme ou a rivalidade entre os dirigentes e médiuns também liquidam as agremiações invigilantes. Nos centros espíritas ou terreiros desavisados da realidade espiritual é muito comum o conflito personalístico e a competição entre os seus próprios componentes, onde os neófitos tentam superar os velhos, ou estes petrificam-se de maneira teimosa em suas idéias e empreendimentos conservadores.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Intercâmbio mediúnico no dia a dia

        Quanto ao objetivo moral de esclarecer os espíritos"que se encontram perturbados", toma-se oportuno lembrar-vos, além das vossas sessões espíritas programadas sob dias e horários certos, há uma outra verdadeira sessão espírita, aliás, de grande amplitude e mérito em seus objetivos redentores e que não deve ser relegada ao esquecimento.
            A "sessão espírita" a que nos referimos, deveis iniciá-la logo que vos levantais do leito, pela manhã, encerrando-a à noite quando vos deitais para o sono reparador.

terça-feira, 20 de março de 2012

Como o guia comunica seus pensamentos ao médium

       Em geral, o espírito comunicante senta-se junto ao médium, enlaça-o com o braço esquerdo e, com o direito, cobre-lhe o cérebro acionando-lhe o campo da memória perispiritual, a fim de lograr maior acervo e recursos na tradução dos seus pensamentos. Sem dúvida, ele tudo faz para evitar as imersões do subconsciente do médium, pois deste modo, a sua mensagem ficaria algo truncada ou perturbada nos momentos de maior ressalte espiritual. Aliás, o espírito comunicante procura sintonizar a sua luz mental irradiada da epífise perispiritual, com a luz mental que também aflora da epífise física do médium.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Assistência espiritual para as tarefas mediúnicas

         É evidente que o médium não é apenas uma peça viva mecânica, que deve funcionar inconscientemente durante o seu trabalho de intercâmbio conosco; acima de tudo ele é espírito imortal e senhor da bagagem pregressa que incorporou em vidas anteriores. Tratando-se de criatura de responsabilidade pessoal definida na existência cotidiana, ele também é obrigado a manter o seu lar e cumprir os deveres sociais para com as demais criaturas do mundo físico. Por isso, ele é socorrido e examinado antes de qualquer trabalho medi único, de modo a não comprometer a tarefa coletiva no instante de sua maior necessidade psíquica. No dia do seu trabalho mediúnico, as entidades benfeitoras procuram afastá-lo dos ambientes nocivos, eliminar-lhes os pensamentos grosseiros e aproximá-lo

domingo, 18 de março de 2012

A visão astral do nosso "tônus vital"

          As criaturas humanas emitem raios de luzes tão intensos ou débeis conforme lhes seja a natureza dos pensamentos e dos sentimentos. Durante as palestras cujo assunto é inferior, fescenino ou agressivo, as auras dos homens tingem-se de cores escuras, que vão desde o vermelho-sanguíneo, o verde-ardósia, o cinzento-oleoso até o preto depressivo. No entanto, se o assunto em foco é de ordem elevada, no qual se conjugam os princípios elevados do espírito, então fulguram as cintilações luminosas dos seus autores e atraem para junto deles entidades que procuram o contato humano no sentido de ampliar o serviço do Cristo no orbe terráqueo.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Obsessores de nós mesmos


        Um dos maiores desafios ao qual nós encarnados somos submetidos durante nossa vivência na carne é o de ter a humildade e discernimento para reconhecer e admitir nossos próprios erros e falhas de caráter, bem como a coragem de corrigí-los. É conseguir olhar no espelho e enxergar além da imagem refletida, além do verniz social com o qual nos revestimos em nosso dia-a-dia, não só para a sociedade mas para nós mesmos. É ter a lucidez para vasculhar os recônditos de nossa interioridade e trazer a tona os pensamentos e sentimentos mais obscuros e que necessitam ser transmutados.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Transição Planetária de A a Z - Lançamento.

Sinopse: Transição planetária, apocalipse, fim dos tempos, verticalização do eixo da Terra, exílio planetário, planeta chupão — estes temas apaixonantes e atualíssimos são apresentados nesta coletânea compilada de 24 obras de Ramatís, instrutor espiritual que aprofunda a natureza do conhecimento iniciático trazido até então. Falar da transição é discorrer sobre um momento único na história planetária, em que o planejamento de trilhões de anos efetuado pelos engenheiros siderais leva a humanidade ao severo exame da “direita” e da “esquerda” do Cristo, que garantirá uma morada venturosa aos mansos e o degredo para mundos inóspitos e primitivos aos renitentes no mal. 
De forma sistemática, Ramatís nos revela todo o esquema sideral que desembocará na nova civilização do Terceiro Milênio — a Jerusalém Renovada —, onde finalmente irá imperar a fraternidade pregada por Jesus, o Avatar do Amor. O leitor poderá então ter uma noção exata da sequência dos acontecimentos que elevarão a morada terrestre e sua humanidade a um novo patamar de consciência, efetuando o “salto quântico” tão esperado, higienizando a aura terrestre e promovendo modificações em todas as áreas da atuação humana, inclusive na geologia do orbe e vislumbre dos astros no céu, justificando assim a visão profética de João Evangelista de “um novo céu e uma nova terra”. 

Nos períodos críticos da transição planetária


*Quem mais sofrerá nos períodos críticos da transição planetária?
- Sofrerão especialmente aqueles que não se prepararem para ter uma convicção religiosa estruturada na palavra de Jesus, rica na certeza da imortalidade que vos ensina que quando o corpo tombar o espírito prossegue na sua trajetória rumo ao infinito até alcançar o Reino de Deus que, em verdade, está dentro de vossos próprios corações.

terça-feira, 13 de março de 2012

As almas opressoras no além túmulo

       As almas enfermiças e tirânicas, que semeiam a dor, a fome e a orfandade mediante suas tropelias sangrentas, frutos de sua excessiva ambição e orgulho, transitam no Além, acompanhadas pelo mesmo cortejo dos seus velhos comparsas, que as insultam, as perseguem, as ameaçam e responsabilizam por todas as suas desditas, amarguras e desprezos. Algemadas às vítimas impiedosas e vingadoras, açoitadas pelas tempestades das regiões inferiores e mergulhadas nos pântanos mais repugnantes, sofrendo os sarcasmos dos próprios espíritos satânicos que as incentivaram ao genocídio, na Terra, elas vagueiam em bandos, torturadas até o dia em que possam renascer na matéria sob a bênção do esquecimento do passado.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Banhos de ervas para atrair bons fluídos




Vaidade cósmica e os médiuns caídos


Era uma vez... um centro espiritualista  onde eram atendidas centenas de pessoas todo mês. Realizavam-se ali inúmeros tipos de trabalhos de caridade , inclusive aqueles que confrontavam os problemas atuais dos consulentes com os entrelaçamentos reencarnatórios,  que funcionavam em mais de um grupo.
Um destes grupos era diferenciado pela abordagem um tanto esotérica dada por conta de seu dirigente, sabidamente muito estudioso do assunto e pesquisador ferrenho. Porém a medida que o grupo foi se consolidando começou a haver uma urgência cada vez maior do dirigente em encerrar o quanto antes os

domingo, 11 de março de 2012

Apegos as personalidades humanas


 As coletividades de Espíritos que mourejam junto à crosta terráquea são as remanescentes de vossa pró­pria humanidade e que se renova continuamente no ciclo das reencarnações. Embora cultuemos padrões mais elevados, porque já nos situamos na área do trabalho de Jesus, a nossa proximidade da Terra associa e desperta-nos influências mentais muito ao gosto das preocupações terrenas. Esquece­mos, por vezes, que também já tivemos a nossa infância espi­ritual e não suportamos o que julgamos equívocos dos nos­sos companheiros.

sábado, 10 de março de 2012

sexta-feira, 9 de março de 2012

As influências astrológicas determinam o destino?

As influências astrológicas "predispõem" o temperamento ou as iniciativas das criaturas, mas não determinam nem "impõem" destinos, pois estes já estão tra­çadas de há muito tempo. Eles se sucedem ao surgir de tal astro ou sob certo signo astrológico, porque forarn marcados e previstos. Não são as combinações planetárias, como o ascendente, o descendente ou a dominante de alguns astros e signos astrológicos, que criam os “bons” ou os “maus” presságios na navegação marítima, no transporte rodoviário, aé­reo ou ferroviário, os eventos felizes ou as perturbações trágicas nas famílias e nos agrupamentos humanos.  Eles só marcam e predispõem os acontecimentos de há muito tempo já delineados sob a disciplina da Lei do Carma.

quinta-feira, 8 de março de 2012

"Não sou médium, sou Ogã"


          Eis uma frase muito comum nos terreiros: "Não sou médium, sou Ogã", ou então..."Ela(e) não médium, é só Ogã".
Pois bem, aqueles que assim pensam, com certeza ficarão surpresos, pois posso afirmar que o Ogã tem mediunidade. O que lhe difere da maioria dos médiuns é que a mediunidade se manifesta através do "Dom Musical".
Quem nunca viu uma criança que, mesmo sem nunca ter assistido a uma aula de música ou percussão, sabe tocar vários ritmos, dos mais variados encontrados num terreiro, mesmo que inconscientemente ela não saiba o que está fazendo? Este é um fato até certo ponto comum entre famílias que são da religião.

quarta-feira, 7 de março de 2012

Acidentes familiares

    Comumente, uma família, cujos membros sofrem acidentes ou se extinguem sob armas de fogo, às vezes de modo surpreendente, morrendo aparentemente sem culpa, atingidos por uma bala sem rumo, ou por examinar uma pistola ou fuzil, trata-se de um conjunto de espíritos em prova semelhante e provavelmente de ex-caçadores, que no passado divertiam-se em acabar com os pássaros nas florestas. Há o carma de vários componentes de um agrupamento familiar, e que coincidem de morrer de câncer. Isso constitui um enigma para a ciência profana, no entanto, são comparsas que operaram em desfavor do próximo por ações negativas de magia, maledicência, calúnias, prejuízos ou extrema inveja. Em outros eventos, verifica-se que os descendentes de certa família desencarnam por afogamento, cumprindo o carma de pirataria, quando lançavam ao mar os tripulantes dos barcos apreendidos.

terça-feira, 6 de março de 2012

Ação ofensiva do psiquismo sobre o aparelho digestivo


O sistema ner­voso vagossimpático é poderosa rede de neurônios sensibilíssimos, que desde o encéfalo se estende por todas as vísceras e tecidos do corpo humano, entranhando-se profundamente por todas as regiões carnais, até atingir as células cutâneas da ponta dos dedos e alcançar os vasos capilares da planta dos pés. Nesse duplo sistema nervoso que se origina na intimidade do cerebelo, tanto as células dos centros cerebrais, controladoras do metabolismo geral, como as dos gânglios, expedem duas espécies de correntes nervosas: as células simpáticas enviam a corrente excitante e as células parassimpáticas, ou do vago, emitem os impulsos frenadores ou inibidores do organismo.

Gradações do carma

         Repetimos: há o carma do indivíduo e, depois, o carma da família, que se constitui na soma do ativo e passivo de todos os espíritos ali congregados para compor o grupo doméstico. Igualmente, há o carma de uma cidade, que compreende o carma dos membros de todas as famílias ali residentes. A soma do carma das cidades, então, é a do país, e a soma do carma de todos os países é o resultante do continente, até que a soma do carma de todos os continentes é a do próprio orbe.

segunda-feira, 5 de março de 2012

A Terra é um planeta carmicamente inferior

               A Terra é uma escola de educação espiritual ainda da série primária, portanto, um planeta de carma, sobretudo, corretivo, ou seja, de finalidade purificadora. É um orbe de natureza física instável, sujeito às inundações, tufões, secas, frio e calor extremos; suas florestas são povoadas de insetos, répteis de toda sorte, de animais perigosos e selvagens, enquanto todo o meio ainda é poluído de germens patogênicos nas imensas regiões pantanosas, ou de depósitos de detritos humanos, provocando o envenenamento químico do próprio ar na evasão de gases nauseabundos. Em conseqüência, geram-se epidemias mortais ou de efeitos deformantes, com a proliferação de vírus e ultravírus, além dos intempestivos acidentes geográficos, que não permitem uma vivência de absoluta tranqüilidade.

domingo, 4 de março de 2012

Estudando o animismo



Animismo é o “sistema fisiológico que considera a alma como a causa primária de todos os fatos intelectivos e vitais”.
O fenômeno anímico, portanto, na esfera de atividades espíritas, significa a intervenção da própria personalidade do médium nas comunicações dos espíritos desencarnados, quando ele impõe nelas algo de si mesmo à conta de mensagens transmitidas do “Além-Túmulo”.
Assim, quando os aficionados do espiritismo afirmam que determinada comunicação mediúnica foi “puro animismo” querem explicar que a alma do médium ali interveio com exclusividade, tendo ele manifestado apenas seus próprios conhecimentos e conceitos pessoais, embora os rotulasse com o nome de algum espírito desencarnado.
Essa interferência anímica inconsciente, por vezes, é tão sutil, que o médium é incapaz de perceber o quanto o seu pensamento intervém ou quando é o espírito comunicante que transmite suas ideias pelo contato espiritual.  
Servindo-nos dos médiuns da Terra, curvamo-nos imensamente gratos ao Pai pelo ensejo de podermos inspirá-los em favor da ventura, do bem e da alegria dos seres humanos. Por isso não desprezamos a oportunidade dos médiuns anímicos quando eles nos interpretam a seu modo pessoal, desde que conservem a ideia central e autêntica daquilo que lhes incutimos na alma. 
Quando o médium não tem o intuito de enganar os que o ouvem, não podemos admitir a mistificação inconsciente. A comunicação anímica é decorrente da falsa suposição íntima de a criatura julgar-se atuada por espírito, por cujo motivo transmite equivocadamente suas próprias ideias.

sábado, 3 de março de 2012

Corretivos redentores

...um planeta primário, cuja estrutura geológica instável oferece pouco conforto no seu ambiente físico, só pode servir de palco ou moradia educativa, para espíritos de características psíquicas primárias ou deficientes, ainda necessitados de corretivos redentores, como as intempéries, as mudanças climáticas e os cataclismos geológicos.


Ramatís - do livro EVANGELHO À LUZ DO COSMO

sexta-feira, 2 de março de 2012

“Não desisti de nóis fio...”

            Certamente todos aqueles que se encontram na estrada do trabalho mediúnico já se depararam ao longo deste caminho com algumas encruzilhadas que por vezes causam angústias e até inseguranças quanto ao acerto de nossas escolhas.
          Quem costuma buscar conhecimentos  nos ensinamentos dos irmãos de luz que transmitem paulatinamente e na velocidade que nossas consciências ainda embrutecidas são capazes de assimilar, sabe que aqueles que vem com o compromisso mediúnico são justamente os espíritos mais devedores junto a Lei Maior e portanto com mais compromisso de não desperdiçarem a oportunidade de estar encarnado. Ter a dádiva de vestir o branco e servir de intermediário para que o plano espiritual possa amenizar as dores da alma dos irmãos necessitados, apesar de ser uma benção recebida pela misericórdia divina não é nenhum privilégio que sirva de motivo para enaltecimento do ego e semeadura da vaidade. Justamente quem está nesta seara tem  o compromisso ainda maior de não dar margem para os “vacilos” de conduta que possibilitem a ação dos irmãos do umbral que lutam incansavelmente contra o Evangelho de Jesus. Fazer parte de uma corrente mediúnica não é uma responsabilidade consigo mesmo mas sim com todos os irmãos de fé, com a egrégora espiritual da casa e principalmente com os encarnados e desencarnados que necessitam de auxílio dentro do templo.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Transição - passagem da vida corpórea à vida espiritual


Como será o teu retorno à pátria espiritual???


Constituição das famílias terrenas

            A família terrena é constituída por espíritos dos mais variados tipos e graus evolutivos, os quais se digladiam há milênios no curso das vidas humanas e sujeitos ao carma coletivo do próprio conjunto familiar espiritual, povo, raça e da própria humanidade na sua eleição planetária. Sob a vestimenta carnal dos mesmos ascendentes biológicos, disfarçam-se espíritos amigos e inimigos, vítimas e algozes, credores e devedores, que ali se aproximam e se ajustam, sob a condição contemporizadora e convencional do lar humano. No seio da mesma família terrena, tanto vivem os espíritos amigos e unidos pelo amor, assim como as almas inimigas e adversas imantadas pelo próprio ódio que geraram no passado. Durante o treino afetivo e os interesses em comum, que unem os membros da mesma família, amainam-se ódios pregressos e cessam os impulsos irascíveis, e que ainda ficam mais fortalecidos pelo sentimento da partida para o Além.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics