sábado, 23 de julho de 2011

A dificuldade de assimilar o Evangelho

* * *
Palestra realizada na Gira desta sexta:



* * * 
A dificuldade de assimilar o Evangelho:

PERGUNTA: - Por que o homem, que é na realidade um espírito encarnado, não aceita ou não compreende de imediato a natureza tão sublime e salvadora do Evangelho? Não deveria crer absolutamente em Jesus, tanto quanto o aluno confia no seu professor?
            RAMATÍS: - A mais breve ou demorada integração evangélica depende fundamentalmente do grau da consciência espiritual de cada um, e não de sua memória pregressa. O vosso orbe é pródigo de líderes religiosos, católicos, protestantes e mesmo espíritas, ou pretensos iniciados, que pregam e divulgam o Evangelho, mas ainda não assimilaram, para o próprio viver cotidiano, os mesmos ensinos sublimes que eles tentam incutir no próximo. São apenas distribuidores de azeite, com o objetivo de acenderem as lâmpadas alheias, mas, infelizmente, pela sua negligência ou retardo espiritual, terminam às escuras por falta de combustível em sua própria lâmpada.
           
Só as almas que abrangem maior área da realidade espiritual assimilam mais facilmente toda força, coerência e veracidade da Lei Suprema, expressa através do Evangelho. Aliás, nenhum homem pode transmitir a outra pessoa a sua experiência espiritual do reino divino, assim como o cego de nascença não se apercebe do teor da luz que ilumina o mundo, pois ele não vê. A assimilação exata do Evangelho, como uma experiência viva para toda a Eternidade, só é possível pela iniciação gradativa e ascendente da Intuição. É a faculdade de saber a Realidade Divina independente das formas e dos fenômenos dos mundos transitórios da matéria.

PERGUNTA - Que aconselhais para aqueles que desejariam transformar a Terra num mundo mais sedativo e numa humanidade mais cristã e, no entanto, nada podem fazer?
            RAMATÍS - Quando o aluno diligente, estudioso e responsável verifica que em nada pode contribuir para modificar a escola primária e elevar a conduta dos seus colegas, só lhe resta uma decisão: devotar-se, paciente e integralmente ao estudo libertador e promover-se o mais cedo e, eficientemente, possível nos seus exames, a fim de se desligar da escola tão rude e tão eletiva apenas aos alunos daninhos, irresponsáveis e rebeldes. O mesmo cabe ao espírito encarnado na Terra, cumprir disciplinada e devotadamente as lições para a sua mais breve libertação do jugo desconfortável da matéria, atendendo ao convite do Cristo, que assim adverte: ''A cada um será dado segundo as suas obras", mas acrescenta: "Quem quiser alcançar o reino dos Céus, apanhe sua cruz e siga-me."

Fonte: Evangelho a Luz do Cosmo / Editora do Conhecimento

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics