quinta-feira, 30 de junho de 2011

O corpos energéticos - espirituais


1.  Os três campos do “Eu Pessoal”:

·       O ETÉRICO OU VITAL = DUPLO ETÉRICO
·       O ASTRAL OU EMOCIONAL = PERISPÍRITO
·       O MENTAL = PRODUTO DA MENTE
Nota: Quando os três aspectos da natureza humana se unem ao corpo físico, formando um todo harmonioso, teremos o “NOSSO VERDADEIRO SER” - A NOSSA COMPLETA PERSONALIDADE ENCARNADA.

2. Função e estrutura do corpo etérico ou vital = duplo etérico

A função mais importante do corpo “Duplo Etérico” é a transferência de energia vital, ou da vitalidade – do campo universal para o campo individual – e daí para o corpo físico. Utiliza a energia do meio ambiente para alimentar o corpo carnal.
ENERGIA UNIVERSAL = PRANA = FLUÍDO UNIVERSAL – Existe no Cosmos, no infinito, no espaço, e depois já ambientada nos diferentes planetas, nas águas, na atmosfera e em todos os seres. Sua origem é no FLUÍDO UNIVERSAL que emana diretamente do Princípio Vital Universal.
A energia vital ou etérica penetra do campo individual para o corpo físico, através dos principais chackras = “Centros de Força Energética”.
O corpo etérico vitaliza o corpo físico, e atua como um elo entre o corpo físico, o corpo astral e o corpo mental.
Cada partícula física possui sua contra parte etérica, daí a expressão de “Duplo Etérico”.
O campo Etérico tem sido descrito como sendo “O QUARTO ESTADO DA MATÉRIA”.
ESTADOS DA MATÉRIA: 
 1º ) Sólido
 2º) Líquido
 3º) Gasoso
4º) Etérico – Fluídico

Cores do Corpo Etérico: Cinza azulado pálido ou cinza violeta, levemente luminoso e tremeluzente.

Projeção do corpo “Duplo Etérico”: Projeta-se de 5 a 7 cm além da periferia do corpo físico. Vitaliza o corpo físico, e é intermediário espírito/corpo físico. Desintegra-se 24 a 72 horas após o desencarne.

3.   Função e estrutura do Corpo Astral ou Emocional = Perispírito:
O Homem é constituído por 5 elementos: ESPÍRITO, PERISPÍRITO, DUPLO ETÉRICO, CORPO CARNAL E CORPO MENTAL, OS QUAIS ATUAM INSEPARAVELMENTE NA HARMONIA DO CONJUNTO ENTRE SI.
O Espírito é a centelha divina que atua no corpo através do Perispírito, como a eletricidade atua na lâmpada através do fio condutor.
O Perispírito é o corpo fluídico do corpo humano, formado de energia semicondensada, que age como intermediário entre o Espírito e o Corpo Físico.
O Corpo Físico é a matéria condensada, que serve de ambiente vital para o Espírito, que é o dono da casa com poderes intransferíveis de propriedade, sofrendo as influenciações exteriores.
O Corpo Físico que é mantido em equilíbrio pela atuação das forças centrífugas (de dentro para fora) e centrípetas (de fora para dentro), gera em torno de si uma luz esbranquiçada que é o resultado da energia da movimentação, formando a aura material do corpo. Esta aura acrescida das vibrações dos pensamentos humanos (corpo mental) mais duplo etérico, mais o perispírito forma a chamada aura espiritual do homem (forma cores).

A aura é todo o conjunto: CORPO FÍSICO, DUPLO ETÉRICO, PERISPÍRITO, CORPO MENTAL E ESPÍRITO = ESPÍRITO ENCARNADO.

OBS. O Corpo Astral = Perispírito é o campo individual ou o VEÍCULO DO SENTIMENTO, que atua como uma ponte entre a mente e o corpo físico. O pensamento é transmitido através do perispírito para o corpo físico.
O Campo Astral ou Emocional é verdadeiramente universal.
Cada pessoa dentro do Campo Universal possui um Campo Emocional, chamado CORPO ASTRAL OU PERISPÍRITO.
Cada um descreve toda a sua história de todas as suas vidas – um registro completo – de todos os acontecimentos ruins e bons, tais como tristezas, alegrias, amores e ódios, sucessos e frustrações, coragem e sacrifícios, aspirações e decepções, etc..., Enfim todos os atos e fatos ficam gravados nesse campo individual das emoções. Ficando lá registrado todas as imagens do que a pessoa sente e já sentiu.
O Perispírito fica doente em primeiro lugar, depois o corpo físico. As manchas do perispírito desaparecem somente com as boas ações.

CORES DO CORPO ASTRAL OU PERISPÍRITO:
AURA MULTICOLORIDA

A aura humana é modificada instantaneamente  pela variedade dos pensamentos emitidos numa alternativa de relâmpagos sucessivos, embora algumas possam fazer pausas mais prolongadas. Ela é multicolorida. Parece uma nuvem oval luminosa que circunda o corpo.

COLORAÇÕES DO PERISPÍRITO:
Branco – azulado: Pureza, amor e caridade.
Azul e dourado: Sublimação do espírito (durante a meditação ou prece). Elevação moral.
Rosa: Afeição, amor, felicidade, ternura, alegria, bondade e etc.
Vermelho: Paixões violentas, ódio, raiva, inveja, vingança, sensualidade, melindres, ciúme.
Alaranjado: Ambição e orgulho.
Cinzento: Depressão, tristeza, egoísmo, mágoas e ressentimentos.
Cinzento – claro: Medo, dúvida, vacilação.
Cinzento-escuro: Hipocrisia, mentira, desgosto.
Preto: Maldade.
Estas vibrações de cores são produtos da vibração do homem, são sua ficha de identificação perante os Mentores e Protetores Espirituais, as colorações atestam o estado de ânimo e a posição evolutiva de cada um.
Obs: Dentro do Perispírito, quanto mais a cor cinza estiver próxima do corpo físico, mais grave é o estado e grau e ansiedade e maior o seu impacto negativo sobre a sua saúde.

ESTRUTURA DO CORPO ASTRAL OU PERISPÍRITO:
A textura é flexível = fluído.
O ritmo da energia é uniforme, quando a pessoa tem boa saúde.
Projeta-se de 39 a 45 centímetros além do corpo físico.

4.  FUNÇÃO E ESTRUTURA DO CORPO MENTAL:
O Corpo Mental é o instrumento por meio do qual a mente se expressa.
O seu estado de materialidade é mais sutil do que o corpo etérico e sua textura é mais fina do que no etérico.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Nossos atendimentos espirituais

"Dai de graça o que de graça recebestes"

- toda sexta-feira sessão de caridade pública com palestra, irradiação com fogo, passes, consultas, atendimento fraterno e magnetismo individualizado, portão de entrada abre 18h e 30m e fecha pontualmente 19h e 30m;

- segunda-feira ( exceto primeira segunda de cada mês ) tratamento de transtornos anímicos e obsessivos com apometria - triagem e marcação no dia - portão de entrada abre 18h e fecha pontualmente 19h;

- toda terça-feira trabalho especializado na vibração de Obaluayê / Omulu com 3 níveis de ectoplasmia e magnetismo ( eteriatria ) no duplo etéreo - triagem e marcação no dia - portão de entrada abre 18h e fecha pontualmente 19h.

Os atabaques e o Caboclo das Sete Encruzilhadas

Quando o Caboclo das Sete Encruzilhadas estabeleceu as normas do culto nascente - Umbanda - pelos idos de 1908, determinou entre outras diretrizes que as sessões não teriam atabaques.
Então o Caboclo era contra os tambores?

Qual era o contexto da època quanto aos elementos de percussão usados nas religiões afro-brasileiras?

Quais os reais motivos da "proibição" do Caboclo?

Até os dias atuais isto é válido para os "zelistas" ortodoxos. Seria uma cláusula pétrea eterna e dogmática na Umbanda? Para alguns sim, para muitos não...

Vejam as respostas no vídeo:


* * *

Os sinais físicos da transição planetária


Muitos estão preocupados com a data de 21 de dezembro de 2012, esperando que algo mágico aconteça ou uma grande catástrofe mundial. Um salto quântico onde todos os problemas da humanidade serão resolvidos como num passe de mágica.

Os maias deixaram a profecia de que o mundo passaria por uma transformação e que seu messias voltaria no mesmo período. Eles eram exemplos de inteligência mas não de evolução. Matavam, sacrificavam, mutilavam, escravizavam e faziam isso em nome de seus Deuses, para idolatrá-los e hora pacificá-los. Uma civilização que simplesmente desapareceu deixando rastros apenas nas pirâmides e alguns textos que não foram destruídos pelos “homens brancos”.

Os hopis também profetizam uma época de transformação e da volta de seu messias. Mas as profecias dizem que a transformação depende das escolhas que cada ser nesse planeta fizer.

Os católicos e evangélicos esperam pelo dia do juízo final, pelo apocalipse, anti-cristo e também aguardam a volta de seu messias.

O pessoal da Nova Era espera a chegada da Confederação Galáctica, resgates e auxílio do povo das Estrelas para transformar a Terra num planeta onde reina o amor, a paz, a solidariedade.

Os espíritas acreditam na transformação lenta e gradual, Espíritos mais evoluídos estariam encarnando na Terra enquanto os “atrasadinhos” estariam construindo sua morada em outras “Terras” e assim se daria a transformação do nosso planeta que seria de expiação num planeta de regeneração.

Muitas são as previsões de uma data certa para o fim do mundo, passa-se o dia marcado e o Sol nasce como no dia anterior, então o que pensar sobre 21 de dezembro de 2012?

Pense o mesmo sobre as outras datas, o Sol nascerá em 22 de dezembro de 2012, como nasceu em 21 de dezembro de 2012. O Universo não tem relógio, então marcar data para “um fim” é usar um relógio muito incerto que mais danos pode causar do que ajudar.

Transição não é “um fim” e sim um estado intermediário, é normal a confusão porque somos todos imediatistas, desejamos hora, datas e que tudo aconteça instantaneamente sem esforço.

Precisamos de exemplos, alguém em quem nos espelhar, alguém que nos diga o que pensar, o que fazer, como se comportar porque estamos estagnados, perdemos o vínculo com o eu interior, com o deus interior, com o exemplo interior, que tudo sabe porque já experimenta há milênios. 

Esse jogo de encarnar, desencarnar, esquecer e encarnar nos ilude a ponto de pensarmos que nada sabemos ou podemos, quando na verdade tudo que precisamos está impregnado em nossa essência, ela sabe o que precisamos, o que pretendemos, o que buscamos. O problema está em não ouvi-la, porque a maioria desaprendeu a escutar o interior.

Você acha que está aprendendo quando na verdade está lembrando. Você se preparou para encarnar nesse período, antes de toda transição ocorrem os sinais e você está apto a enxerga-los.

Quando saímos da infância e entramos na adolescência, passamos por verdadeira mutação biológica, menstruação, espinhas, mudanças e descobertas no novo corpo “novo” que se desenvolve, irritabilidade, revolta, recolhimento, um misto de mudanças que ocorrem num curto espaço de tempo, para dar início o que mais tarde chamamos de fase adulta, mesmo que alguns continuem adolescentes até a morte...

O que acontece no nosso corpo acontece também na Terra. Não espere por 21 de dezembro de 2012 para enxergar os sinais da transição, porque eles já estão visíveis para quem tem olhos para ver. Dia 22 de dezembro de 2012 chegará mas em condições diferentes do mundo que conhecemos.


Quando o pico solar do ciclo 24 em 2012 ou 2013 acabar, é esperado um ciclo com a mais baixa atividade solar desde que se tem medição e as minis eras de gelo estão sempre acompanhadas de baixa atividade solar, MAS, antes disso é possível e ESPERADO que uma furiosa e poderosa erupção solar (CME) atinja a Terra que pode destruir toda a comunicação por satélites e danificar as redes elétricas do mundo.

O governo dos EUA e Reino Unido estão levando a sério essa ameaça e estão se preparando para fazer cortes de energia controlada para suas fontes de energia elétrica nacional em resposta a um aviso de uma forte tempestade solar atingir a Terra.

Em uma entrevista com The Independent, Thomas Bogdan, diretor do Space Weather Prediction Center, disse que controlar o poder "interrupções" vai proteger as redes de eletrecidade Nacional contra danos que poderiam levar meses ou mesmo anos para reparar se uma grande tempestade solar colidir com Terra sem precauções.

Algumas horas sem energia cria uma série de transtornos, horas causam acidentes, dias causariam catástrofes. Além dos problemas urbanos, não podemos esquecer das usinas nucleares que dependem da rede elétrica para refrigerar os reatores atômicos, o que aconteceu em Fukushima, ou melhor está ainda acontecendo, pois há fortes evidências de que uma nova explosão aconteceu no dia 14 de junho, aconteça no mundo inteiro. Seriam centenas de bombas atômicas explodindo pela Terra.

No Havaí neva em pleno verão! Não é algo inédito, mas não acontecia nos últimos 30 anos. 

Tempestades, furacões, tornados, enchentes e vulcões. Até parece que está virando moda, toda a confusão que os vulcões estão causando pelo mundo, imagine quando a reação em cadeia começar acontecer, algo mais que colaboraria com uma nova Era Glacial.








E a Terra está rachando aos pouquinhos...

Uma cratera de 50 metros de comprimento e quatro metros de profundidade se abriu na ilha do Báltico e os geólogos também não sabem explicar o que aconteceu. 

Em Nova Iork, uma área de 82 hectares de massa de terra ao lado de uma montanha está movimento. “É o maior deslizamento de terra na história do Estado." Causando fissuras e condenando casas no local. Cientistas de todo o país estão se concentrando lá para estudar o fenômeno que ainda ninguém sabe explicar. Os cientistas dizem que não tem idéia de quando a Mountain Porter Little vai parar de se mover ou quantos bairros serão varridos antes do desastre terminar. 

Em Quebec no Canadá apareceu cerca de 40 buracos entre 5 e 8 metros de diâmetro ainda não explicados pelos especialistas. (Vídeo abaixo)

Esses buracos de dimensões aterradoras são conhecidos como Sinkhole. Até hoje não existe uma explicação plausível nos termos científicos conhecidos para esses fenômenos que estão acontecendo por toda a parte.

As desculpas são sempre as mesmas, chuvas intensas e redes de esgotos rompidos que provocam erosão, mas na minha humilde opinião, a terra está cedendo ao movimento da crosta terrestre. Até quando e em que proporções?!

Fato interessante seria lembrar também dos bueiros que também sem explicação plausível estavam explodindo no Rio de Janeiro




Liquefação:

"A liquefação do solo descreve o comportamento de solos que, quando carregados, repentinamente sofrem uma transição de um estado sólido para um estado líquido, ou ficam com a consistência de um líquido grosso".

O terremoto no Japão provocou a liquefação - água do lençol freático sendo forçado a sair do chão! Não é um cano quebrado! Este é o fenômeno chamado de liquefação, e acontece quando o lençol freático é misturado com o material de agitação, e neste caso forçada através de fendas no solo.

O mesmo aconteceu no terremoto de Christchurch - e o vídeo exibe uma animação de como o fenômeno acontece

O filme 2012 foi uma decepção em termos de informação, mas quem procura acha, eu me lembrei de uma cena do filme e transcrevi o trecho abaixo:

...Não percebemos a liquefação do solo que havíamos previsto e nem a propagação de fratura nas placas tectónicas, a atividade sísmica no oeste não está sendo causada por terremotos normais e essas rachaduras não tem nada haver com a movimentação de falhas...


...a crosta terrestre se desestabilizou...precisa começar a evacuação...

...Segundo as últimas informações sobre as medições de Yellowstone, a temperatura da crosta subterrânea, ou seja, o cimento que segura nossa massa de terra, está aumentando rapidamente, mais rápido do que prevíamos, por causa disso, observamos uma rápida instabilidade polar, os campos magnéticos diminuiram em mais de 80% nas últimas 48 horas...

...Eles perguntam quanto tempo resta e ele responde, talvez 3 dias se tiverem sorte...

...36 horas sem atividade sísmica no sul da califórnia, o que é muito raro...

Bom, cientistas que estudam e monitoram o supervulcão Yellowstone que tem uma caldeira com mais de 60 km de diâmetro observaram que o vulcão deu uma respirada maior que o habitual e uma grande área do parque se elevou mais de 25 cm de altura numa velocidade surpreendente e vários lugares agora tem imensas rachaduras profundas que foram abertas por isso, inclusive na caldeira, com perda de magma por kilômetros terra a dentro. Os cientistas disseram que é um caso extraordinário de pressão vulcânica jamais visto e que não sabem se estamos lidando com uma pré-erupção.

O físico Michio Kaku disse quue há problemas fervilhando no subsolo e não é brincadeira e que não há maneira de determinar precisamente quando a explosão vai ocorrer, mas o inchaço indica que existe atividade subterrânea.

No dia 22 de dezembro de 2012, o Sol nascerá num mundo diferente do que conhecemos hoje, mas isso de modo algum significa que os acontecimentos se darão em apenas um dia, como num passe de mágica no dia 21. Já está acontecendo! E nós estamos acompanhando todo o processo que se estende “lentamente” e a cada dia nos fortalecendo espiritualmente para encarar com coragem essa difícil transição.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ZtTmnXt1TUQ

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=sAvSGRK7aK0

http://www.youtube.com/watch?v=vmcKH162cS8&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=tTzccOwTq_M

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=emN6M4nBcdU

http://www.youtube.com/watch?v=iunMFOsxhHI&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=iunMFOsxhHI&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=yXjfE80c9_I&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=ouGX8IQ8Cx0&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=Hdyjv89vooU&feature=player_embedded

terça-feira, 28 de junho de 2011

Trabalho especializado na vibração de Obaluayê / Omulu



"Em verdade o duplo etérico é o mais qualitativo e complexo veículo de coordenação e relação dos fenômenos da vida encarnada,  estando intimamente relacionado com as funções orgânicas e aspectos ligados à saúde e às doenças."

Trabalho especializado na vibração de Obaluayê / Omulu

  - toda terça-feira trabalho especializado na vibração de Obaluayê / Omulu com 3 níveis de ectoplasmia e magnetismo ( eteriatria ) no duplo etéreo - triagem e marcação no dia - portão de entrada abre 18h e fecha pontualmente 19h.

Este não é um trabalho de incorporação ou desobsessão, mas de manipulação de energias!
Este trabalho não dispensa acompanhamento médico.

* * *

A CURA PRÓPRIA
Emmanuel
"Pregando o Evangelho do Reino e curando todas as enfermidades"
MATEUS, 9:35.
Cura a catarata e a conjuntivite, mas corrige a visão espiritual de teus olhos.
Defende-te contra a surdez; entretanto retifica o teu modo de registrar as vozes e solicitações variadas que te procuram.
Medica a arritmia e a dispnéia; contudo não entregues o coração á impulsividade arrasadora.
Combate a neurastenia e o esgotamento; no entanto cuida de reajustar as emoções e tendências.
Persegue a gastralgia, mas educa teus apetites á mesa.
Melhora as condições do sangue; todavia não o sobrecarregues com os resíduos de prazeres inferiores.
Guerreia a hepatite; entretanto livra o fígado dos excessos em que te comprazes,
Remove os perigos da uremia; contudo não sufoques os rins com venenos de taças brilhantes.
Desloca o reumatismo dos membros, reparando, porém, o que fazes com teus pés, braços e mãos.
Sana os desacertos cerebrais que te ameaçam; todavia aprende a guardar a mente no idealismo superior e nos atos nobres.
Consagra-te á própria cura, mas não esqueças a pregação do reino divino aos teus órgãos. Eles são vivos e educáveis.
Sem que teu pensamento se purifique e sem que a tua vontade comande o barco do organismo para o bem, a intervenção dos remédios humanos não passará de medida em trânsito para a inutilidade.
Livro: Segue-me. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

"Sede mansos de coração"



PERGUNTA: - Qual é o motivo por que os espíritos extraem vitalidade humana, mesmo sem operar por enfeitiçamentos?
RAMATÍS: - É de senso comum que os espíritos agem noutro campo vibratório, cuja freqüência ultrapassa a vibração comum da matéria; e, por isso, precisam de um elemento intermediário que funcione como elo de ligação entre os dois planos espiritual e físico.
Os glutões espirituais precisam de energia vital humana para entreterem funções similares à digestão, atuando nos lares desarmonizados; os alcoólatras procuram as criaturas sensíveis à função de "canecos vivos", a fim de sorverem os vapores etílicos e mitigarem a sede de álcool; os fesceninos necessitam de forças da esfera sexual dos vivos para satisfazerem as suas relações sexuais nos lupanares! Conseqüentemente, os espíritos subvertidos buscam as criaturas viciadas, rebeldes ou descontroladas, a fim de excitar-1hes os mesmos vícios que cultivavam quando encarnados, e que os afligem depois da perda do corpo físico. Eles necessitam baixar suas vibrações perispirituais em direção à matéria, e vincular-se aos encarnados com a predisposição de serem os "repastos vivos", que devem atender a todos os desejos subvertidos.
Sabendo que o descontrole mental e emotivo favorece o desperdício de "tônus vital" à periferia do cerebelo dos vivos, os espíritos malfeitores procuram perturbar o psiquismo das criaturas imprudentes, incentivando- 1hes os contratempos, decepções e preocupações que possam irritá-los até ao descontrole. É por isso que Jesus, o Médico das Almas, insistia na sua recomendação, "Sede mansos de coração", espécie de vacina preventiva contra a ira e a cólera, que armazena combustível degradante para os vampiros das sombras!

Magia de Redenção.

domingo, 26 de junho de 2011

Quem com ferro fere com ferro será ferido!?

"Em verdade Deus não estabelece nenhum sistema punitivo aos cidadãos em evolução. Todas as dores e sofrimentos humanos, individuais e coletivos, regem-se pela mais absoluta justiça, por mais desagradáveis e trágicas que possam ser as colheitas de cada alma." 

  "A harmonia cósmica se rege pelo dedo de Deus – é como um violino que está sempre afinado, e a as distorções sonoras na orquestra são imediatamente corrigidas. O aforismo popular “quem com ferro fere com ferro será ferido” é perfeita alegoria para descrever o encadeamento cármico na vida das criaturas: quem separou casais, terá que viver separado, quem abandonou será abandonado, quem roubou será roubado, enfim, quem semeou ventos colherá tempestades. A funcionalidade da lei de causa e efeito ajusta perfeitamente o fato causador ao efeito gerado, em todas as localidades do Cosmo."
      "No entanto, o amparo e o amor nunca se ausentam do Alto, como bem descrito na parábola da ovelha perdida, em que Jesus declara que é vontade do Pai que não se perca nenhum de seus pequeninos, referindo-se aos que ficarem para trás, perdidos do reto caminho a seguir rumo ao infinito oceano do seu reino. Assim, o Mestre deixa claro que o Deus que ele proclama é um Deus de amor, que preconiza a necessidade de perdão para a remissão dos pecados, sendo inconcebível a imposição de punições e castigos eternos aos seus filhos. A parábola mostra o amor infinito do Pai para com as almas perdidas e transviadas, que não ficarão desgarradas nos labirintos das paixões inferiores. Ainda que seja imperioso para a retificação do espírito renascer na Terra manco, sem um braço, cego, mesmo debilóide, por causa de seus atos pretéritos, ele não ficará sem salvação como a ovelha perdida da parábola, eis que o determinismo das reencarnações sucessivas conduzirá a sua embarcação nos mares revoltos da materialidade, ancorando-a inexoravelmente no porto seguro da eterna bonança espiritual."
  

sábado, 25 de junho de 2011

Cultura cigana

Frutas na frente do congá na sessão de ciganos - 24/06/11: alusiva ao aniversário de 19 anos de fundação do nosso TRIÂNGULO.

No passado, nós, ciganos éramos conhecidos como os "senhores da estrada". Andávamos de um lugar para outro, atravessando rios e florestas.
Percorríamos a Índia inteira, chegando ao Oriente Médio, para depois retornar. Atravessávamos reinos inimigos entre si. Para se ter uma idéia, só o Rajastão era dividido em pelo menos cem pequenos reinos.
Nós dispúnhamos de um salvo-conduto especial para atravessar uma determinada região. É que todo mundo precisava do nosso trabalho.
De fato, transportávamos mercadorias, servíamos de "correio" para as longas distâncias e éramos também os banqueiros dos grandes senhores - podíamos comprar ouro e trocá-lo por bens de consumo ou dinheiro.
Muitas vezes, o ouro e os objetos preciosos não eram carregados por nós em nossas longas viagens. Preferíamos enterrar tudo em lugares secretos.
No momento certo, sabíamos qual caixa-forte abrir para fazer os nossos negócios.
Nunca fizemos guerra. Como outros clãs, durante uma guerra, podíamos ser recrutados para ajudar um determinado exército, mas nunca para o combate.
Ficávamos na retaguarda, prestando às tropas todo tipo de serviço necessário. Em caso de derrota, nada sofríamos, porque todos reconheciam o nosso valor social.
Outras atividades importantes sempre foram a música, a dança, a acrobacia e o teatro nas cortes dos reis ou para os soldados.
Hoje, vocês podem encontrar-nos aos milhões em periferias anônimas, pobres, às vezes miseráveis. Dignidade suficiente, porém, não nos falta, numa sociedade que mudou muito desde os tempos em que nós, ciganos, éramos reis das estradas. Éramos os Banjaras (ciganos músicos e dançarinos)
Mas , aproveito para lembrar de outros clãs:
Os Hakkipikki – caçadores do centro sul da Índia;
Os Gadha Lohar – que trabalham com metais;
Os Rabari – pastores de ovelhas, cabras e camelos;
Os Korwas – fabricantes de pulseiras, colares e coroas;
Os Kalibilias, os Nat e os Bopas – dançarinos, músicos, acrobatas de circo.
Estes são os verdadeiros nomes dos clãs que deram origem às pessoas que no futuro seriam chamados de ciganos.
Conforme vimos acima, “cigano” é um termo genérico surgido na Europa do Século XV.
Nós, no entanto, costumamos usar autodenominações completamente diferentes. E hoje, costumamos distinguir três grandes grupos:
os ROM, ou Roma, que falam a língua romani; são divididos em vários sub-grupos, com denominações próprias, como os Kalderash, Matchuaia, Lovara, Curara entre outros; são predominantes nos países balcânicos, mas a partir do Século XIX migraram também para outros países europeus e para as Américas;
os SINTI, que falam a língua romani-sintó são mais encontrados na Alemanha, Itália e França, onde também são chamados Manush;
os CALON ou KALÉ, que falam a língua caló, “ciganos ibéricos”, que vivem principalmente em Portugal e na Espanha, onde são mais conhecidos como gitanos, mas que no decorrer dos tempos se espalharam também por outros países da Europa e foram deportados ou migraram inclusive para o Brasil.
Estes grupos e dezenas de sub-grupos, cujos nomes muitas vezes derivam de antigas profissões (Kalderash = caldeireiros; Ursari = domadores de ursos, entre outros) ou procedência geográfica (Moldovaia, Piemontesi,entre outros.), não apenas têm denominações diferentes, mas também falam línguas ou dialetos diferentes.
Os ciganos Rom, e entre eles em especial os Lovara, Matchuaia e os Kalderash, costumam auto-classificarem-se como ciganos “autênticos”, chamando a todos os outros clãs de “falsos ciganos”.
Mas como se isto não bastasse alguns clãs ciganos ainda se discriminam mutuamente, também, por outro motivo: os ciganos sedentários muitas vezes olham com desprezo para os ciganos nômades, dizendo: eles persistem nessa vida “primitiva”, enquanto os nômades acusam os sedentários de terem abandonado as tradições, e com isto terem deixado de ser ciganos.
Ao chegarmos na Europa, no início do Século XV, nós, ciganos, podíamos ainda ser identificados através de nossa aparência física, sendo a característica mais marcante a nossa pele escura. Hoje isto já não é mais possível. Casamentos com não-ciganos sempre ocorreram, de modo que em muitos países hoje, nós fisicamente, não nos distinguimos da população gadjé (não-cigana) nacional. Ciganos “racialmente puros” hoje não existem mais em canto algum do mundo, e do ponto de vista da Antropologia, nunca existiram, porque nunca existiu uma “raça” exclusivamente classificada como cigana. Ou um país, cujo habitante fosse denominado de cigano. Impossível, portanto, identificar os ciganos através de características físicas peculiares ou estabelecer “critérios biológicos de ciganidade”.
Classificar como “verdadeiros ciganos” todos aqueles que falam um dos vários dialetos romani, também não adianta, porque muitos ciganos já não o falam mais e outros o dominam muito mal, ou até já o esqueceram por completo.
Quanto à suposta autenticidade Kalderash, Lowara e Matchuaia
, afirmo como antropólogo, lingüista e cigano que é inadmissível a distinção entre “verdadeiros ciganos”, aos quais se atribuem uma origem exótica e riqueza cultural, e “os outros”. Ou seja: não existem ciganos autênticos e falsos ciganos: existem apenas Rom, Sinti e Calon, que possuem inúmeras autodenominações, que falam centenas de dialetos, que têm os mais variados costumes e valores culturais, que são diferentes uns dos outros, mas que nem por isso são superiores ou inferiores uns aos outros.
Em comum, todos, nós, ciganos, temos apenas uma coisa: uma longa História de Espiritualidade, de Arte, de perseguição, de discriminação pelos não-ciganos , em todos os países por onde passamos, desde o nosso êxodo do norte da Índia até ao aparecimento na Europa, no início do Século XV. 

Fonte: http://www.gitano.baro.nom.br/cultura_cigana.htm

* * *


sexta-feira, 24 de junho de 2011

Conversando sobre Saúde e Espiritualidade

Conversando sobre Saúde e Espiritualidade

Data: 02/07 sábado às 10hs.
Local: Auditório da FATO – Faculdades Monteiro Lobato
Rua dos Andradas, 1180 – Centro - Porto Alegre, RS.

A medicina vem aprofundando seu estudo referente à importância da espiritualidade para a saúde humana. Isso se reflete no aumento significativo de pesquisas e publicações sobre o assunto, assim como o surgimento de disciplinas dentro das Universidades para aprofundar esses conhecimentos com a proposta de realizar a intersecção entre saúde e espiritualidade.
As pesquisas médicas têm demonstrado que o exercício da espiritualidade tem sido um importante instrumento de apoio para a melhora geral do paciente. Além da melhora clínica e da qualidade de vida dos pacientes, a prática espiritual abrevia o tempo de internação e do uso de medicação, diminuindo o custo do tratamento médico ao paciente e ao sistema de saúde.
Tudo isso tem gerado uma necessidade de se ampliar a discussão nessa área, preparando o profissional da saúde para tratar desses assuntos de forma cuidadosa e qualificada, capacitando-o a realizar pesquisas e de trazer esses conhecimentos para a sua prática profissional.
O debate proposto visa mostrar as relações entre saúde e religiosidade/espiritualidade, sua implicação na prática médica e as principais linhas de pesquisas. Refletir sobre as novas possibilidades terapêuticas com a inclusão da dimensão espiritual.
Data: 02/07 sábado às 10hs.
Local: Auditório da FATO – Faculdades Monteiro Lobato
Rua dos Andradas, 1180 – Centro - Porto Alegre, RS.

Debatedores:

Dr. Carlos Eduardo Accioly Durgante – Espiritualidade no processo de Envelhecer        
Licenciado em Medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (Rio Grande do Sul). Especialista em Medicina Interna e Pós-Graduação em Geriatria e Gerontologia. Autor de vários livros entre eles “Velhice culpada ou inocente?” e “Pondo Fé na Ciência – A Relação entre Fé e a Saúde”.
.
Dr. César Geremia – Atualidade Científica em Espiritualidade
Graduação em Medicina em 1989 pela FFFCMPA, Pediatra, Mestre em Medicina com ênfase em Endocrinologia Pediatrica, Título de Especialista em Pediatria, Título de Área de Atuação em Endocrinologia Pediátrica pela Soc. Bras. De Endocrinologia e Metabolismo, Professor de Fisiologia da ULBRA.

Dr. Gilson Luis Roberto – Conceito de Espiritualidade e sua Implicação na Saúde Mental
Graduado pela PUC-RS em 1991, com formação em homeopatia e Pós-Graduação em Psicologia Analítica Junguiana.Vice-Presidente do Hospital Espírita de Porto Alegre. Professor convidado em várias atividades de extensão universitária na área da saúde e espiritualidade , com inúmeras publicações entre elas a participação do livro Espiritualidade e Qualidade de Vida publicado pela EDIPUC.    

Dra. Tatiana Freitas Tourinho – Saúde e Espiritualidade
Médica formada na PUCRS em 1986, Residência em Medicina Interna, Residência em Reumatologia, Título de Especialização em Reumatologia AMB, Título de Especialista em Densitometria Óssea AMB , Professora de Reumatologia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, Mestre e Doutora em Clínica Médica pela UFRGS.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Preconceito religioso


Pergunta: Por que ainda encontramos preconceito dentro dos centros Kardecistas no que tange manifestações de pretos velhos e caboclos?

Pai Benedito: Meu filho devemos antes de mais nada lembrar que a doutrina não pertence a ALLAN KARDEC que teve a tarefa somente de codifica-la o que fez com maestria. A doutrina meu filho é dos espíritos e espírito não tem uma forma especifica, uma única roupagem ou somente um modo de se manifestar.

Para tanto o próprio ALLAN KARDEC, organizou uma pergunta em O LIVRO DOS ESPÍRITOS* que traduz este nosso raciocínio.

95 - O envoltório semi-material do Espírito tem formas determinadas e pode ser perceptível?
– Sim, tem a forma que lhe convém. É assim que se apresenta, algumas vezes, nos sonhos, ou quando estais acordados, podendo tomar uma forma visível e até mesmo palpável.

* O Livro dos Espíritos (Le Livre des Esprits) é o primeiro livro sobre a doutrina espírita publicado pelo educador francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, em 18 de abril de 1857, sob o pseudônimo Allan Kardec. É uma obra básica do espiritismo, e foi lançado por Kardec após seus estudos sobre os fenômenos que, segundo muitos pesquisadores da época, possuíam origem mediúnica, e estavam difundidos por toda a Europa durante o século XIX.
Apresenta-se na forma de perguntas e respostas, totalizando 1.018 tópicos.
Como podemos observar meu filho a forma que certos espíritos escolhem para se mostrar ao plano material vem encoberta de inúmeras particularidades a serem comentadas tais como:
•Dependendo da localidade onde se encontram as pessoas que receberão a comunicação, pois tomemos como exemplo irmãos que vivem em regime de extrema simplicidade, encontrando-se com um bacharel, a diferença de intectualidade causaria o desconforto e com isso a mensagem seria menos compreendida.
•O espírito pode se manifestar da forma que lhe agrada mais e que em seu arquivo reencarnacionista lhe marcou emocionalmente.
•Tomemos como exemplo as palavras de Jesus:

 "...o servo não é maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou..." João - 13-16

Infelizmente meu filho e nunca tendo o interesse de generalizar o que lhe falo encontramos no meio religioso os preconceituosos movidos pela falta de estudo e pelo sectarismo que até hoje atrasa a marcha evolutiva da humanidade rumo ao Pai.
Se voltassem sua atenção para o real conhecimento com bases no primeiro mandamento " amar a Deus sobre todas as coisas e a seu próximo como a ti mesmo...!", não encontraríamos o sistema religioso mundialmente falando tão fechado somente no ego e na vaidade, enraizado no humanismo. Por isso defendemos a idéia que antes da religião o ser deve procurar a espiritualização interior, pois quando nos espiritualizamos nos despojamos de conceitos ultrapassados e antiquados.
Nós do lado de cá não levantamos bandeiras religiosas, seguimos e defendemos as causas do Cristo que vão muito além disso.
As religiões filhos, são as "muitas moradas na casa do Pai" a espiritualização é "o caminho que nos leva a Ele".
Jesus não escolheu a quem deveria ajudar, desde reis a leprosos seu amor foi difundido, mas hoje a casa de caridade faz a peneiração de quem vão ajudar e até ditam regras da fé que professam.
Filhos, lembremos dos "trabalhadores da ultima hora", Deus não faz seleção de quem serve pela sua aparência, se utiliza do coração vigilante e sedendo de doar amor.
O negro escravo, o índio, o baiano e até nossos filhos e filhas da esquerda são trabalhadores a serviço do alto, cada qual ocupando o espaço que lhe é afim e necessário para  sua atividade.
Diante de tantas discussões vazias sobre fim de mundo, reservemos maior atenção na questão do final do mundo interior de preconceitos que criamos dentro de nós mesmos.

"...todo aquele que receber o que eu enviar, a mim recebe; e aquele que me receber, recebe aquele que me enviou..." Jesus - João 13 - 20

Rogando a luz e o amor de Mãe Maria Santíssima para todos

Pai Benedito
Canalizado por Géro Maita
ceuesperanca.blogspot.com        
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics