segunda-feira, 11 de abril de 2011

A mensagem crística está em todas as religiões


“Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco; é preciso que também a essas eu conduza; elas escutarão a minha voz e haverá um só rebanho e um único pastor.” (João, 10:16.)

A mensagem crística já venceu em todo o mundo.

Devemos entender que não se trata de esta ou aquela religião conquistar adeptos mundialmente.

Os grandes mensageiros do Sagrado no mundo não fundaram religiões.

Jesus se refere à sua mensagem, cuja essência é “O amor ao próximo como a si mesmo buscando cultivar as virtudes crísticas de forma verdadeira e incondicional refletindo diretamente o amor do próprio Criador.”

Comparem, que interessante:

“Bem-aventurados os que temem magoar outrem por pensamento, palavras e obras” (Sufismo)

“A natureza só é amiga quando não fazemos aos outros nada que não seja bom para nós mesmos.” (Zoroastro)

“Na felicidade e na infelicidade, na alegria e na dor, precisamos olhar todas as criaturas assim como olhamos a nós mesmos.” (Mahavira)

“Julga aos outros como a ti julgas. Então participarás dos céus.” (Sikhismo)

“Ninguém pode ser crente até que ame seu irmão como a si mesmo.” (Maomé)

“De cinco maneiras um verdadeiro líder deve tratar seus amigos e dependentes: com generosidade, cortesia, benevolência, dando o que deles espera receber e sendo tão fiel quanto sua própria palavra.” (Buddha)

“Não faças aos outros aquilo que não queres que eles te façam”. (Confúcio)
“Considera o lucro de teu vizinho como o teu próprio e seu prejuízo como se também fosse teu.” (Lao-Tsé)

“Não faças ao teu semelhante aquilo que para ti mesmo é doloroso.” (Lei Judaica)

“Não faças aos outros aquilo que, se a ti fosse feito, causar-te-ia dor.” (Hinduísmo)

E, finalmente:
“Tudo quanto quereis que os homens vos façam, fazei-o também a eles.” (Jesus)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics