domingo, 14 de novembro de 2010

Umbanda, 102 anos - surgiu no jardim mais uma flor


“Todas as Entidades serão ouvidas, e nós aprenderemos com aqueles espíritos que souberem mais e ensinaremos àqueles que souberem menos, e a nenhum viraremos as costas e nem diremos não, pois esta é a vontade do Pai”.

“O verdadeiro umbandista vive para a Umbanda, e não
 da Umbanda. Vim para criar uma nova religião, baseada no evangelho de  Jesus, e que terá como seu maior mentor o Cristo..."

Caboclo das Sete encruzilhadas em 16/11/1908

* * *

"Surgiu no jardim mais uma flor,
Mamãe Oxum trazendo paz e amor.
Que vai crescendo, por este imenso Brasil.
Bandeira branca de Oxalá, força do além,
Mãe caridosa que ao mundo deseja o bem...
Vai sempre em frente,
ó minha umbanda querida,
leva a doçura da vida para aqueles que não têm !"
Da atitude de Zélio de Moraes em 15 de novembro de 1908 que, incorporado, declarou estar "faltando uma flor" na mesa da Federação Espírita de Niterói, surgiu um dos pontos cantados mais belos da umbanda.
 

                                           
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics