segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Reza Forte - Ramatís.

                                
     A Umbanda é universalista, eclética e abrangente, como a tônica original da mensagem de Jesus contida em seu sublime Evangelho. Em Reza Forte, Ramatís une-se novamente a Pai Tomé para, desta vez, para delinear uma abordagem profunda das práticas mágicas populares que escravizam os cidadãos a um sistema de trocas com o Sagrado, fazendo ambos importantes alertas à luz dos ensinamentos libertadores de Jesus.
     Ramatís e Pai Tomé ressaltam a atuação constante dos guias espirituais no trabalho de transformação íntima de seus médiuns, que se dá silenciosamente no contato fluídico através da mecânica de incorporação no terreiro; explicam sobre a origem multifacetada da Umbanda, religião genuinamente brasileira com influências indígenas, africanas e europeias; relatam a verdadeira significação dos Orixás, Voduns e Inquices; tecem detalhes sobre os transes, estados alterados e superiores de consciência; retomam crenças indígenas e seus cultos ancestrais, remanescentes dos rituais de Jurema, pajelança e Catimbó. Analisam ainda questões esquecidas relacionadas com a genuína ética da magia africana, dos antigos Pais de Segredo, elucidando os fundamentos destes saberes sob a pratica atual da Umbanda. 
      Enfim, esta obra traz temas muito falados e pouco compreendidos das religiões mágicas brasileiras, tão presentes na Umbanda. É, portanto uma nova luz na compreensão de nossa diversidade espiritual.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics