quinta-feira, 29 de outubro de 2015

ORI - A DIVINDADE INTERNA DO HOMEM.

OS “UNIVERSALISTAS” QUE “SABEM” TUDO E SE ACHAM SUPERIORES AOS DEMAIS.


     Hoje em dia há um movimento antagonista às religiões provindo de certos espiritualistas que se dizem “universalistas”, como se fosse algo inferior e não alinhado com a “Nova Era” pertencer e vivenciar uma religião. Estes tudo sabem de forma “panorâmica” e não criam raízes com nada. Assim como folhas ao vento, são rasos, mas dizem tudo “saber” (sic), pois são grandes intelectuais dos livros, nada mais... É comum ouvir dizê-los “comecei na umbanda, sei como é...” Como se fôssemos o jardim de infância, para outros veladamente somos atrasados, presos a ritos...Esquecem que o que importa para os verdadeiros mestres são as obras realizadas - o alcance da transformação das consciências no âmbito coletivo que cada religioso está inserido, independente das tentativas de nominações terrenas.  
    Julguemos menos, sejamos mais humildes e nunca nos achemos superiores, mais perfeitos ou eleitos do Alto.
    HOSANAS a todos os religiosos éticos e seus sacerdotes dedicados que se entregam com amor desinteressado e realizam diuturnamente em prol do bem comum das suas comunidades.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

A UMBANDA ENTRE A MODERNIDADE E A TRADIÇÃO.


Uma proposta de reflexão sobre a perda de identidade pela banalização de fundamentos iniciáticos.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics