CALENDÁRIO VERÃO 2018.

ENCERRAMENTO 2017

08/12/17 – 6ª Feira: Sessão Pública.

15/12/17 – 6ª Feira: Última Sessão Pública.

Calendário Verão 2018

Atenção: Janeiro e Fevereiro Sessões Quinzenais!

12/01/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

26/01/18 – 6ª Feira Sessão Pública.

09/02/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

23/02/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

09/03/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

sábado, 24 de janeiro de 2015

AREIA NOS OLHOS DOS OUTROS.




     Existe uma vigilância constante sobre os médiuns. Muitos estão atentos e julgam qualquer possível falha de conduta. Nestes momentos, citam Jesus e o Evangelho, como Espada de Dâmocles no alto das cabeças dos medianeiros. Esquecem que ser médium não é ser "santo". Dizia o sábio Matta e Silva: "é melhor ser um médium vaidoso que faz a caridade do que apontar defeitos nos outros e nada fazer". Além do que, se o médium fosse perfeito, não reencarnaria como médium.
     Aos que patrulham sistematicamente e apontam falhas, exigindo apreço e atenção para eles mesmos no sentido de sentirem-se superiores, citando o evangelho, infelizmente conduta comum no meio evangélico da atualidade, como verificamos na "guerra" das igrejas eletrônicas, e até comum no meio espiritista e espiritualista judaico-cristão, creditamos todos distante do Cristianismo Primevo, temos a dizer que o Evangelho de Jesus e seus sublimes ensinamentos, quando citados num impulso interno movido por desconsideração pessoal em relação a alguém, contra este mesmo alguém, serve como areia nos olhos; machuca, espezinha e fere. É impulso do ego e distante da vibração do Mestre, paradoxalmente invocada.
    A citação de Jesus deve partir sempre do coração consolador, misericordioso e redentor, que não revida por sentir-se desconsiderado. Antes de citar o Sublime Peregrino, observe se as letras não são um punhado de areia jogada nos olhos do outro.

    Reflitamos a respeito!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics