segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Diante os médiuns que se afastam das tarefas...

Como devemos agir diante dos médiuns que se afastam das tarefas?

O quadro de nossas responsabilidades diante da mensagem cristã do “Amai-vos uns aos outros” é tão vasto; os serviços ainda incompletos e as tarefas por realizar em nome do amor ao próximo se desdobram com tanta intensidade que, sinceramente, cabe-nos a solução de aproveitar o tempo disponível às nossas limitadas possibilidades, trabalhando e servindo sem cessar em nome do Bem geral.

Não podemos nos dar ao luxo de correr atrás aqueles que abandonam o serviço espiritual, a pretexto de lhes oferecer explicações e homenagens.

Isto por que nossas obrigações aí estão, exigindo-nos tempo e dedicação, e não podemos perder tempo.

Se fulano ou sicrano considerou por bem abandonar as próprias obrigações espirituais, por este ou aquele melindre, que podemos nós fazer?

Entreguemo-lo, pela oração, à Benção Misericordiosa de Deus, o Pai Amado de todos nós, e, por nossa vez, perseveremos no trabalho do Bem até o fim.


“O Espírita Mineiro” - Chico Xavier
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics