CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

- PRESENCIAL E GRATUITO.

O curso objetiva transmitir aos participantes uma consciência espiritual, dentro da tradição de oralidade da Umbanda de raiz; presencial, de boca a orelha. A palavra verbalizada é fundamento, conduz axé e um fluxo de consciência do espiritual para o material, do orientador para os “alunos”.

INÍCIO: dia 18 de março de 2020, encontros semanais, toda quarta-feira, com DURAÇÃO de 8 a 10 semanas.

HORÁRIO: das 20 h e 00 min às 21 h e 30 min (o portão de entrada abre às 19 h e 30 min).

LOCAL: Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade

Rua Barão de Tramandaí, nº 23 – Passo d’Areia

Porto Alegre – RS

INSCRIÇÕES: somente 30 vagas e as inscrições serão presenciais em dia de Gira, na secretaria do Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade, às sextas-feiras à noite, a partir do dia 28/02/20. Não faremos inscrições por email ou WhatsApp. É pré-requisito comparecer, se fazer presente para se inscrever. As aulas não serão gravadas nem transmitidas ao vivo.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

As aulas serão dinâmicas – o primeiro tempo de sustentação oral pelo facilitador e o segundo interativo com perguntas e respostas. Não utilizaremos recursos audiovisuais e não concederemos certificado. Os conteúdos estão no livro UMBANDA PÉ NO CHÃO. Recomendamos a leitura do livro para melhor aprendizado de cada aula, conforme o programa a seguir:

Origem e história da Umbanda: advento do Caboclo das Sete Encruzilhadas

Estrutura astral do movimento umbandista

O que são Orixás, Guias e Falangeiros

Formas de apresentação dos espíritos

As linhas de trabalho

As firmezas e tronqueiras

O cruzeiro das almas

A Curimba, os cantos e os toques – a música sacra de terreiro

Os preceitos

As consagrações

A convergência universalista da Umbanda

As influências e diferenças dos cultos africanos, da pajelança indígena,

do catolicismo e do espiritismo

O axé através da mediunidade;

Estrutura energética do homem, Carma e regência dos Orixás

Finalidade dos amacis e banhos de ervas

A importância do ritual, o espaço sagrado nos terreiros e sua diversidade de culto

O transe nos terreiros

A incorporação consciente

As diferenças ritualísticas e a formação da consciência umbandista

A união nas desigualdades; Religião, filosofia, ciência e arte

A magia na Umbanda; as dimensões física, etérica, astral e a movimentação

mediúnica de energias entre elas;

O fundamento dos elementos e dos condensadores energéticos: ar, terra, fogo e água, álcool, ervas, a fumaça, o som; as guias; os pontos riscados; a pólvora; as oferendas; a água;

Os fundamentos do congá (atrator, condensador, dispersor, expansor,

transformador e alimentador)

A sessão de caridade;

O preparo

O desenvolvimento mediúnico

O que se aprende nas sessões de desenvolvimento?

Os passes e aconselhamentos espirituais

Por que os Orixás não incorporam?

A desobsessão na umbanda

O que sãos Orixás?

Os sítios vibracionais dos Orixás

Alguns tipos psicológicos associados aos Orixás; Oxalá, Yemanjá, Xangô, Ogum, Iansã, Oxum, Oxossi, Nanã Buruquê, Omulu.


sábado, 23 de novembro de 2013

Enfermidade me fez ir no terreiro buscar ajuda. E agora!?



      Hoje em dia muitas enfermidades são causas dos estilos de vida contemporâneos, e aí colhemos os efeitos do estresse, dependência de substâncias psicoativas, alimentação excessiva e obesidade, sedentarismo, comportamento sexual promíscuo, violência, depressão, ansiedade, fobias,.... Estes efeitos podem ser vistos como violações de leis e preceitos espirituais, pois estas prescrevem moderação no comportamento - sexual e alimentar inclusive -, e advertem contra o beber excessivo, contra o perseguir incessante do sucesso, dinheiro e poder; a competição, as emoções negativas (hostilidade, raiva, ressentimento, culpa, inveja, ciúme, cobiça,...), narcisismo e incapacidade de amar.
     Com o passar dos anos de trabalho espiritual como zelador de uma comunidade/agrupamento mediúnico – UMBANDA -, aprendi com os mentores astrais prudência e a orientar moderação comportamental do indivíduo que procura aconselhamento em nosso terreiro, que tem implicações importantes para a sua saúde e se ele não se modificar neste sentido os espíritos pouco poderão fazer em contrário muito menos quaisquer trabalhos de magia. Posso relacionar algumas recomendações que se tornaram padrão e que tem seguramente impacto positivo na saúde, como já comprovam os programas de espiritualidade associados à medicina para ensinar pessoas com doenças crônicas e/ou degenerativas a modificarem seu comportamento de risco:
- aprender a dar e receber amor diariamente,
- a ver o mundo como um lugar não hostil que precisa ser combatido, mas um lugar que pode ser amoroso, cooperativo, pacífico e feliz,
- oração que deve ser reaprendida,
- desenvolver humildade e paciência (entrar na fila mais comprida e lenta do supermercado, aprendendo a tolerar e ter prazer na espera),
- modelação do comportamento de amar e aceitar (treino em sorrir),
- deixar de brincar de Deus (aprender a deixar de controlar o ambiente e a aceitar suas limitações pessoais).
E o mais importante: termos em nós desenvolvido o conceito de “GRATIDÃO” - é sábio e desejável receber as coisas maravilhosas que a vida oferece, que estas não precisam ser ganhas (amor, serenidade, descanso, riso, alegria, divertimento, família, crianças, animais, plantas, beleza, vida, amigos...); encorajamento da vida simples e abundante, através de uma postura de paciência e aceitação com humildade, amor, alegria, serviço desinteressado aos outros e obediência humilde – nunca obrigação - aos preceitos espirituais, seja qual for a religião. Importante desenvolvermos religiosidade, recebendo em troca as “bênçãos” decorrentes da reconexão com o nosso Eu Interno e com a Fonte de Abundância Cósmica Universal – Deus/Pai/Mãe.

Muita paz, saúde, força e união.
NORBERTO PEIXOTO.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics