CALENDÁRIO VERÃO 2018.

ENCERRAMENTO 2017

08/12/17 – 6ª Feira: Sessão Pública.

15/12/17 – 6ª Feira: Última Sessão Pública.

Calendário Verão 2018

Atenção: Janeiro e Fevereiro Sessões Quinzenais!

12/01/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

26/01/18 – 6ª Feira Sessão Pública.

09/02/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

23/02/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

09/03/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Ago n'ilé - exemplo de música sacra no templo religioso.



      "A principal função da música sacra, como símbolo interpretativo da "música celeste", é desmaterializar a personalidade inferior para eclodirem sentimentos definitivos do anjo criador. No seio de um templo religioso ou de qualquer instituição espiritualista, a música deve apurar a emotividade e adoçar a razão humana, fazendo vibrar os sentimentos mais pacíficos e generosos dos ouvintes. Se a música profana transmite o sentimento ou emotividade do seu autor, as músicas sacras trazem em suas harmonias a mensagem sonora dos anjos. É um cântico divino, em que o homem se despersonaliza buscando a Poesia, a Beleza e a Inspiração de Deus, como alimento à sua consciência espiritual. Por isso, a música executada no seio dos templos espiritualistas deve libertar as criaturas, isolando-as das lembranças ou preocupações terrenas a fim de elevá-las às regiões sublimes do espírito eterno. É linguagem divina falando aos homens através da vida interior do espírito ainda no animal." Ramatís
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics