CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

O CURSO FOI PROVISORIAMENTE SUSPENSO PELO RECESSO CORONAVÍRUS. REMARCAREMOS EM BREVE E TODOS OS INSCRITOS TEM SUA VAGA GARANTIDA.


CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

- PRESENCIAL E GRATUITO.

O curso objetiva transmitir aos participantes uma consciência espiritual, dentro da tradição de oralidade da Umbanda de raiz; presencial, de boca a orelha. A palavra verbalizada é fundamento, conduz axé e um fluxo de consciência do espiritual para o material, do orientador para os “alunos”.

INÍCIO: dia 18 de março de 2020, encontros semanais, toda quarta-feira, com DURAÇÃO de 8 a 10 semanas.

HORÁRIO: das 20 h e 00 min às 21 h e 30 min (o portão de entrada abre às 19 h e 30 min).

LOCAL: Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade

Rua Barão de Tramandaí, nº 23 – Passo d’Areia

Porto Alegre – RS

INSCRIÇÕES: somente 30 vagas e as inscrições serão presenciais em dia de Gira, na secretaria do Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade, às sextas-feiras à noite, a partir do dia 28/02/20. Não faremos inscrições por email ou WhatsApp. É pré-requisito comparecer, se fazer presente para se inscrever. As aulas não serão gravadas nem transmitidas ao vivo.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

As aulas serão dinâmicas – o primeiro tempo de sustentação oral pelo facilitador e o segundo interativo com perguntas e respostas. Não utilizaremos recursos audiovisuais e não concederemos certificado. Os conteúdos estão no livro UMBANDA PÉ NO CHÃO. Recomendamos a leitura do livro para melhor aprendizado de cada aula, conforme o programa a seguir:

Origem e história da Umbanda: advento do Caboclo das Sete Encruzilhadas

Estrutura astral do movimento umbandista

O que são Orixás, Guias e Falangeiros

Formas de apresentação dos espíritos

As linhas de trabalho

As firmezas e tronqueiras

O cruzeiro das almas

A Curimba, os cantos e os toques – a música sacra de terreiro

Os preceitos

As consagrações

A convergência universalista da Umbanda

As influências e diferenças dos cultos africanos, da pajelança indígena,

do catolicismo e do espiritismo

O axé através da mediunidade;

Estrutura energética do homem, Carma e regência dos Orixás

Finalidade dos amacis e banhos de ervas

A importância do ritual, o espaço sagrado nos terreiros e sua diversidade de culto

O transe nos terreiros

A incorporação consciente

As diferenças ritualísticas e a formação da consciência umbandista

A união nas desigualdades; Religião, filosofia, ciência e arte

A magia na Umbanda; as dimensões física, etérica, astral e a movimentação

mediúnica de energias entre elas;

O fundamento dos elementos e dos condensadores energéticos: ar, terra, fogo e água, álcool, ervas, a fumaça, o som; as guias; os pontos riscados; a pólvora; as oferendas; a água;

Os fundamentos do congá (atrator, condensador, dispersor, expansor,

transformador e alimentador)

A sessão de caridade;

O preparo

O desenvolvimento mediúnico

O que se aprende nas sessões de desenvolvimento?

Os passes e aconselhamentos espirituais

Por que os Orixás não incorporam?

A desobsessão na umbanda

O que sãos Orixás?

Os sítios vibracionais dos Orixás

Alguns tipos psicológicos associados aos Orixás; Oxalá, Yemanjá, Xangô, Ogum, Iansã, Oxum, Oxossi, Nanã Buruquê, Omulu.


segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Cada encarnação é como se fosse um atalho...



“Cada encarnação é como se fosse um atalho nas estradas da
ascensão. Por este motivo o ser humano deve amar a sua existência
de lutas e de amarguras temporárias, porquanto ela significa uma
benção divina, quase um perdão de Deus”. (Emmanuel)



E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma.

Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia-noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje. Posso reclamar porque está chovendo…ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Posso ficar triste por não ter dinheiro…ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício. Posso reclamar sobre minha saúde…ou dar graças por estar vivo. Posso  me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria….ou posso ser grato por ter nascido. Posso reclamar por ter que ir trabalhar…ou agradecer por ter trabalho. Posso sentir tédio com as tarefas da casa…ou agradecer a Deus por ter um teto para morar. Posso lamentar decepções com amigos…ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. Se as coisas não saíram como planejei, posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim. Charles Chaplin. 
                                                                            
       
Inspirados por este profundo e motivante pensamento, podemos e devemos nos questionar, quais são , nossas metas e objetivos para este ano de 2013!
*SAUDE ; UM EMPREGO NOVO; UM CARRO MELHOR ; ME CASAR; TER UM FILHO;
Se conseguimos ótimo , queremos mais. E quando não conseguimos?Tristeza , infelicidade, decepção.

A expectativa que se coloca em outras pessoas e situções na nossa vida diária, acabam se tornando a causa da maioria dos problemas e infortunios e decepções ,que nos acontecem.


 SÓ O QUE ESTÁ DO LADO DE FORA,  PREENCHE AS NECESSIDADES PARA  TERMOS EXITO EM NOSSA VIDA?


 A questão  não  está  em que o fora  ofereça  ou não, o que se necessita,  o fora  é  infinitamente  generoso.  A  questão  é  que  só  se  consegue assimilar  o  fora,  quando  se  conscientiza  que  o  fora  já  está  dentro - Ame-se  e  receberá   amor;  entre  em  contato  com  seu  mestre  interior  e aparecerão  os  mestres  exteriores;   entre  em  contato  com  suas  riquezas interiores, e aparecerão  os  tesouros.( Hector Othon )



A Transformação


Está faltando Jesus nesta Nova Era! Urge resgatarmos a sua essência.Com a ajuda da energia transformadora de OMULU/OBALUAIE, e a ferramenta poderosa que é o Evangelho de Jesus, temos que vivenciar  a proposta de despertar e expandir o Cristo interno de cada criatura.


Devemos mudar a forma de pensar, sentir e agir que fomentam a depredação!

Devemos procurar a Harmonia entre as necessidades pessoais e as dos grupos aos quais  pertencemos; entre a vontade e a ética pessoal, avontade e a moral coletiva.

Logo que se descubram deficiências, precisa-se agir com humildade e rapidez, corrigir, em vez de perder tempo e energia com críticas, julgamentos, evasivas, justificações e apologias do erro. Aceite que é um processo e que é natural que erre, a questão é logo que perceber o erro, corrigir, melhorar, aprender.

Ser humilde e receptivo para perceber onde transformar, para sintonizar-se com as exigências dos novos tempos. Acreditar que o importante é crescer, transformar-se, entrar em sincronicidade positiva com a sabedoria Da espiritualidade superior do nosso eu interior e em sintonia com as forças da Natureza e do Cosmos , com essa energia propulsora , de transformação , que rege  este ano.

Quando o homem gravar na própria alma
Os parágrafos luminosos da Divina Lei,
O companheiro não repreenderá o companheiro,
O irmão não denunciará outro irmão.
O cárcere cerrará suas portas,
Os tribunais quedarão em silêncio.
Canhões serão convertidos em arados,
Homens de armas volverão à sementeira do solo.
O ódio será expulso do mundo,
As baionetas repousarão,
As máquinas não vomitarão chamas
para o incêndio e para a morte,
Mas cuidarão pacificamente do progresso planetário.
A justiça será ultrapassada pelo amor.
Os filhos da fé não somente serão justos,
Mas bons, profundamente bons.
A prece constituir-se-á de alegria e louvor
E as casas de oração estarão consagradas
ao trabalho sublime da fraternidade suprema.
A pregação da Lei
Viverá nos atos e pensamentos de todos,
Porque o Cordeiro de Deus
Terá transformado o coração de cada homem
Em tabernáculo de luz eterna,
Em que o seu Reino Divino
Resplandecerá para sempre.

EMMANUEL
"Pão Nosso", 41, FCXavier, FEB)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics