CALENDÁRIO VERÃO 2018.

ENCERRAMENTO 2017

08/12/17 – 6ª Feira: Sessão Pública.

15/12/17 – 6ª Feira: Última Sessão Pública.

Calendário Verão 2018

Atenção: Janeiro e Fevereiro Sessões Quinzenais!

12/01/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

26/01/18 – 6ª Feira Sessão Pública.

09/02/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

23/02/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

09/03/18 – 6ª Feira – Sessão Pública.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Atitude do médium diante seus serviços mediúnicos


           Quando o médium tem realmente consciência de ser um espírito endividado, em processo de retificação espiritual ou resgate cármico, ele nunca espera qualquer pagamento ou compensação pelos seus serviços mediúnicos. Embora claudiquem os seus interesses no seio da família e deve ele prestar socorro aos infelizes que lhe batem à porta, rejubila-se sempre pelo feliz ensejo de sua redenção espiritual, certo de que não se trata de alguma injustiça de Deus, mas de que é a Lei que exige prestação de serviços maiores devido às suas negligências pretéritas.

            Muitos médiuns sofrem, posteriormente, as mais dolorosas decepções no Além, quando verificam ter confundido o ensejo mediúnico de sua renovação espiritual na Terra com o desempenho de missão excelsa e incomum, que ainda lhes permita boa posição financeira. Examinando-se o cortejo de compromissos cármicos de responsabilidade humana, quantos serviços mediúnicos ainda terão de prestar à Humanidade os espíritos daqueles vândalos que saquearam e destruíram lares pacíficos, trucidaram criaturas indefesas e cumpriram com satisfação as ordens sanguinolentas de Gêngis Khan, Átila, César, Aníbal, Napoleão, Alexandre, Tamerlão, Nero, Torquemada, Tibério ou Catarina de Médicis?
            Evidentemente, a tarefa sacrificial e gratuita em favor dos seres desgraçados e enfermos pode facultar a esses espíritos muito endividados o ensejo de se recuperarem das tropelias homicidas praticadas no passado. Mas quando tais espíritos, em função mediúnica na Terra, mercadejam e conspurcam a sua mediunidade redentora no interesse vil do lucro fácil, terminam por assumir novos compromissos graves sob a lei implacável do resgate do "último ceitil".

Ramatís - Mediunidade de Cura.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics