quarta-feira, 4 de julho de 2012

Intercâmbio mediúnico com espíritos sofredores

           Assim como o amor, a ternura, a humildade ou a pureza emitem ondas e fluidos que balsamizam, aliviam e curam, também o ódio, a revolta, o sofrimento e o desespero lançam dardos que mortificam e abatem aqueles que ainda são vulneráveis em suas defesas magnéticas. Eis por que, depois dos trabalhos evangélicos no lar, onde os pensamentos se produzem sob o conforto espiritual da fé inspirada pelo sentimento amoroso do Cristo, o ambiente doméstico permanece saturado de emanações balsâmicas, que alentam os bons propósitos e sugerem os assuntos sublimes entre os seus componentes. No entanto, após as comunicações torturadas, de espíritos sofredores ou revoltados, pairam no ambiente os resíduos fluídicos das explosões deletérias e mórbidas, que fluem no transcurso do intercâmbio mediúnico com os espíritos angustiados ou violentos.
Não vos deve ser desconhecida a impressão agradável que certas vezes vos atinge ao penetrardes numa residência modesta ou rica, ao sentirdes no ambiente a vibração suave de paz ou de otimismo que paira no ar. Doutra feita, ingressando em vivenda nobre e suntuosa, ornamentada com móveis luxuosos, decorações deslumbrantes e finos tapetes, eis que um fluido pesado e estranho se reflete, de modo opressivo, no vosso espírito. No primeiro caso, tendes o lar tranqüilo e afetuoso, onde a família, afeita aos ensinamentos do Cristo-Jesus, intercambia sentimentos cristãos e vive em harmonia fraterna; no segundo, as contendas violentas, as amarguras, a revolta e o ódio entre os seus componentes geram os resíduos e os miasmas detestáveis que flutuam na atmosfera doméstica e causam mal-estar nos visitantes.
No lar onde a família não se harmoniza espiritualmente, é mais desaconselhada ainda a sessão mediúnica de espíritos sofredores, porque é mais difícil dissolver-se o lençol de fluidos mórbidos ou agressivos disperso no ambiente. Não é conveniente atrairdes Certas entidades malfeitoras, vingativas e capciosas, para serem doutrinadas no seio do vosso lar, como não ireis convocar os malandros da rua para discutirdes os seus problemas censuráveis à mesa de vossas refeições.


Ramatís - Elucidações do Além

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics