sábado, 18 de fevereiro de 2012

Neste carnaval "não deixe o samba morrer"


Salve o Pierrô e as Colombinas!
Que faz do moço e da menina
Foliões de um mundo inverossímil
Onde na quarta de cinzas tudo termina

Termina a ilusão
E se inicia a vida a seguir
Com as consequências dos atos
Que na folia se fez permitir

É o efeito da causa impensada
Que no meio da caminhada
Vem como espinho da flor perfumada
Nos mostrar que a nossa ala na folia está acabada

Então, antes da fantasia
Do confete, serpentina e gargalhadas
Vejamos o samba enredo a seguir
Ritmado pelo som da vida que se faz preferir

Por que se ouviu dizer que o pierrô chorou
E a colombina, desfaleceu do sonho da menina
E virou mulher de um mundo cruel
Que de fantasia virou certeza dura e fria, com sabor de fel

Confetes ao léu
Sonhos do céu
Que caminho escolher
Nesses dias que o momo impera?

A escolha é ditada pelo som do coração
No repenique da vontade maior
Ao som do clarim, em forma de tamborim
Onde o acorde da vida, faz de nosso samba enredo o melhor

Daquele que não perde o compasso
Não atravessa a bateria, com sua madrinha a desfilar
Por que quem dita o ritmo do pé no chão
É aquele cujas pegadas seguiu na passarela
No abre alas da canção
Chora sim o cavaco e não o calvário
E incendeia o coração!

Segura o tom, não deixa o samba cair
Não deixa a vida acabar
Por quatro dias de folia
E um castelo de ideais em cinzas virar!

Boa folia! Boa diversão!
Boa alegria, com paz no coração
Segura sua nota, não saia da canção
O enredo de sua vida,
Deve fazer feliz seu coração

Na passarela do samba, tem gargalhadas mil
E muita luz a brilhar
Mas tudo confete que se esvai no ralo
E só fica a verdade de gritar:

“Eu quero vida, eu quero paz!
O sonho se foi, mas o ideal não se desfaz!
No caminho da luz preferida, dei a Jesus
O samba enredo da minha vida”!

Axé!

7 +++++++
(Ritmista do Grêmio Recreativo Unidos do Cruzeiro da Luz)
(Mensagem recebida por Pai Julio)
Templo Espiritualista do Cruzeiro da Luz
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics