quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Os rótulos que fragmentam as leis cósmicas


       O “estar” teosofista, maçom, hinduísta, budista, rosacruciano, espírita, umbandista é mero rótulo que fragmenta as leis cósmicas na Terra e separa o homem de sua essência, que é “ser” espírito, iludindo-o com a aparência transitória da personalidade terrena, algemada ao molde da carne.
              Vibrando na essência permanente da umbanda, do Alto para a Terra, unem-se espíritos de pretos velhos, caboclos, crianças, exus, hindus, árabes, etíopes, chineses, europeus, negros, vermelhos, amarelos e brancos, que se manifestam aos vossos olhos por todas as raças que já pisaram em solo terreno. O que é “permanente” e se fará infinito, como unidade essencial nas diversas formas de exteriorização da umbanda, é o amor e a caridade em nome do Cristo.

Ramatís - do livro "A Missão da Umbanda"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics