terça-feira, 31 de janeiro de 2012

A força magística dos mantras


           A mesma palavra que só identifica uma idéia ou idéias, no mundo profano, pode despertar encanto ou euforia, quando pronunciada mantranicamente no mundo sagrado ou de intimidade espiritual do ser!
            O que dá força à palavra transformada em "mantra", além de sua significação superior ou consagração sublime, é a vontade, a ternura, a vibração pessoal e o amor de quem a recita em fusão com a vibração individual do próprio Espírito Cósmico! O recitativo mantrânico, disciplinado pelas leis de magia do mundo oculto, transborda de poder e força no campo mental, astral e etérico do homem. É poderoso vocábulo ou detonador psíquico, que liberta as energias do espírito imortal e o conduz ao arrebatamento, à suspensão dos sentidos comuns, pela fugaz contemplação do mundo divino.

Ramatís - do livro Magia de Redenção.

Integração na vida superior do espírito imortal


           Embora os encarnados não consigam recordar os acontecimentos de suas vidas passadas, devido à forte interferência dos complexos biológicos da carne sobre a memória sideral, nunca se extingue neles a ansiedade pela libertação do seu espírito.
            Assim como o exilado compulsório não trocaria todas as comodidades e distrações no seu desterro, pelas maiores contrariedades em sua pátria querida, o espírito imortal também sente-se infeliz sob o domínio estúpido das paixões da carne.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O que é engambelo?


Impressiona a quantidade de pessoas em processos de obsessão na atualidade. Parece-me que quanto mais conhecimentos temos das coisas espirituais, mais falha-nos a simplicidade e a fé pelo ego intelectual inflado, o que acaba sendo uma porta escancarada para os malfeitores do além.
Dias destes comentava-me uma confrade espírita que estava cansada, que todos os centros que conhecia estavam atulhados de gente, fazendo com que os médiuns trabalhadores se encontrassem exaustos diante de tantos desequilibrados, ansiosos, depressivos, lamurientos, chorosos,..., pedindo ajuda diariamente.
Afinal, o que está havendo?

O trabalho dos pretos(as) velhos(as)


domingo, 29 de janeiro de 2012

Revelações de Chico Xavier


O jornal Folha Espírita de maio de 2011 traz uma revelação feita em 1986, pelo médium Francisco Cândido Xavier sobre o futuro reservado ao planeta Terra e a todos os seus habitantes nos próximos anos. A revelação foi feita a Geraldo Lemos Neto, fundador da Casa de Chico Xavier de Pedro Leopoldo (MG) e da Vinha de Luz Editora, mas somente agora ele resolveu falar.

A renovação do espírito enfermo

O principal objetivo  é unicamente a renovação do espírito enfermo, vítima do fanatismo ou da crítica antifraterna, para o que o seu guia considera de grande valia a enfermidade retificadora. É por isso que, à medida que certos enfermos vão piorando pela necessidade de se abrandarem no seu sentimento religioso exclusivista, em torno dos seus leitos de sofrimento físico ou psí­quico transitam médicos, curandeiros e homens de milagres, sem conseguir o êxito desejado. Depois, com o tempo, eles tanto acei­tam o exorcismo do vigário local, o benzimento da preta velha, a simpatia da comadre amiga ou as orações do pastor circunspecto, como também o passe do médium kardecista ou o trabalho do preto velho marcando o “despacho” na encruzilhada!

Ramatís - do livro FISIOLOGIA DA ALMA. 

sábado, 28 de janeiro de 2012

No momento nevrálgico de nossa renovação espiritual


Não importa se sois esoteristas, espíritas, teosofistas, católi­cos, protestantes, iogues, rosa-cruzes ou livres-pensadores pois, no momento nevrálgico de vossa renovação espiritual, a técnica sideral ignora as etiquetas religiosas, para só se preocupar com as necessidade dos corações embrutecidos pelo orgulho, a vaidade e o fanatismo doentio gerado sob a égide de qualquer credo, doutri­na ou religião.

Ramatís - do livro FISIOLOGIA DA ALMA

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

O acaso


 Exu das Sete Encruzilhadas das Almas*

Certo dia, no fundo da sua vida você sentiu uma necessidade qualquer de algo desconhecido, olhou ao redor e viu que estava tudo bagunçado, com as coisas fora do lugar, jogadas pelo chão, sobre suas prioridades, até então sufocadas.
Eis que o acaso resolveu um dia bater à sua porta e em meio a essa baderna, você abriu. Esse acaso se fez convite à mudança de vida. Você, cansado e sem ver o sol nascer a tempos, aceitou. Este convite te levou a mim, embora você não soubesse. Não sabia porque suas prioridades estavam transformadas em bolor e as coisas tolas da vida tomaram proporções maiores. Tanta proporção que virou "meio de vida" e objetivo insano a ser perseguido.
No data marcada do convite, você chega soberbo, orgulhoso e senhor de si, pois fora convidado como se fosse alguém de grande importância, o que realmente era, mas uma importância de valores invertidos na tosca visão do mundo. Para o convite do acaso, sua importância era outra.

Evolução e comportamento do homem



A negligência do homem para consigo mesmo aumenta, porquanto, à medida que se torna mais científico e erudito, parece desinteressar-se cada vez mais da sua própria ventura espiritual! O homem do século...(atual), apesar de excessivamente “intelectualizado”, vive mais em função das razões ou das sugestões do mundo exterior em vez de auscultar as suas próprias necessidades, preferindo seguir a obcecação da maioria, mesmo que isso lhe seja pernicioso.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Universalista não quer dizer "saladista"...

      A Umbanda é uma religião universalista, isto é, respeita e acata todas as formas religiosas, desde que sejam instrumentos de religação com Deus. Vale, contudo, deixar claro que ser universalista não quer dizer ser "saladista", ou seja, fazer uma salada de filosofias e rituais que em vez de ajudar as pessoas a saírem de si para amadurecerem e crescerem através de um caminho religioso proposto, ficam estagnadas nas fantasias e exotismos confusos de misturas imaturas ritualísticas e doutrinárias.

Pai Valdo
Dirigente do Templo Espiritualista Cruzeiro da Luz

O impacto do fumo no corpo astral-etéreo-físico


PERGUNTA. — Muitos fumantes afirmam que o cigarro lhes acalma os nervos em vez de excitá-los. Como se explica isso?
RAMATIS: — Os sedativos, principalmente os barbituratos, também “acalmam os nervos” mas, com o tempo, terminam cau­sando depressão nervosa e, mais tarde, perturbam completamente todo o sistema nervoso do ser humano. Como toda ação do corpo astral da criatura se apoia fundamentalmente no grande nervo simpático, que é o responsável por todos os impactos emotivos e preocupações do espírito encarnado, é na zona abdominal que mais se acentuam as úlceras e as estenoses tão comuns nos vossos dias. Acontece que a parte “astral” do fumo tende a se condensar nessa mesma região, visto que as suas emanações se refletem no sistema nervoso do ser, desde a medula alongada até os nervos distribuídos pelo abdômen, ou seja pela região do “plexo abdomi­nal”.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Alimentação saudável


Não sugerimos a violência orgânica para aque­les que ainda não suportariam essa modificação drástica; para esses, aconselhamos gradativamente adaptações do regime da carne de suíno para o de boi, do de boi para o de ave e do de ave para o de peixe e mariscos. Após disciplinado exercício em que a imaginação se higieniza e a vontade elimina o desejo ardente de ingerir os despojos sangrentos, temos certeza de que o organismo estará apto para se ajustar a um novo método nutritivo de louvor espiritual. Mas é claro que tudo isso pede por começar e, se desde já não efetuardes o esforço inicial que alhures tereis de enfrentar, é óbvio que hão de persistir tanto esse tão alegado condiciona­mento biológico como a natural dificuldade para uma adaptação mais rápida.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Há fundamento no uso de talismãs, amuletos e patuás como recursos protetores?


       Os amuletos, talismãs e patuás, quando realmente dinamizados por magos experientes, obedecem aos mesmos princípios dos minerais radioativos, mas a sua ação é mais vigorosa e específica no campo etéreo-astral invisível aos sentidos humanos. Enquanto há substâncias de emanações terapêuticas, como a cânfora, a hortelã e inúmeros sais medicinais, ou pedras preciosas de aura benéfica e sedativa, como a safira e esmeralda, também existem os corpos de radiações danosas, como o rádio, cujas emanações provocam a radiotermite, ou o chumbo, cuja aura provoca envenenamentos e cólicas abdominais. Determinados veios minerais radioativos situados no subsolo das residências humanas são responsáveis por certos tipos de varizes, cânceres leucêmicos, tumores, paralisias, anemias perniciosas e até perturbações emotivas, como é o caso da irradiação do ouro, que além de excitantemente cobiçosa, provoca estímulos suicidas na terapia injetável.

domingo, 22 de janeiro de 2012

A não-violência e a covardia não combinam


A não-violência e a covardia não combinam. Posso imaginar um homem armado até os dentes que no fundo é um covarde. A posse de armas insinua um elemento de medo, se não mesmo de covardia. Mas a verdadeira não-violência é uma impossibilidade sem a posse de um destemor inflexível."

Mahatma Gandhi

sábado, 21 de janeiro de 2012

Não cultuamos os Orixás pelo calendário católico


Creio na verdade fundamental de todas as grandes religiões do mundo

"Creio na verdade fundamental de todas as grandes religiões do mundo. Creio que são todas concedidas por Deus e creio que eram necessárias para os povos a quem essas religiões foram reveladas. E creio que se pudéssemos todos ler as escrituras das diferentes fés, sob o ponto de vista de seus respectivos seguidores, haveríamos de descobrir que, no fundo, foram todas a mesma coisa e sempre úteis umas às outras."

Mahatma Gandhi

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

A voz silenciosa do espírito

          Quando o espírito deixa o corpo físico, à noite, durante o sono, fica-lhe na intimidade a lembrança inapagável dos propósitos benfeitores da vida criada por Deus. As almas pacientes e dóceis, embora sejam incultas ou desafortunadas, sentem mais facilmente a mensagem de que o sofrimento purifica, que as vicissitudes educam e os fracassos advertem, melhorando o discernimento da consciência.
            Depois da desencarnação física, invertem-se os conceitos tradicionais da significação da vida humana, pois a morte física, que tanto apavora os encarnados, significa a jubilosa "porta aberta" para os espíritos que do "lado de cá" aguardam ansiosamente o retorno dos seus familiares queridos. Daí o paradoxo de algumas criaturas traírem a estranha satisfação que lhes vai no imo da alma, mesmo quando gravemente enfermas ou às vésperas da morte, embora ignorem que é o espírito imortal obedecendo à sua natural tendência de "fuga" do aprisionamento incômodo da carne. Algumas chegam a censurar-se por esse estranho masoquismo, em que se sentem inexplicavelmente alegres ante semelhante "infelicidade".

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

"O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é Espírito"



Jesus sempre particularizou-se no fato de que o corpo carnal, embora transitório, é o instrumento indispensável e valioso para o espírito lograr a sua manifestação positiva e coerente no ambiente físico. Lembra algo do violinista, que usa o violino para expressar o seu talento musical, sem que, por isso, ele seja o próprio violino. O homem carnal não é a entidade definitiva, porém a personalidade humana modelada na sua configuração física. É tão-somente um instrumento de expressão, trabalho e aprendizado do espírito eterno. Enfim, é a materialização do acervo constituído pelo perispírito preexistente e sobrevivente à organização de carne. O corpo humano, estruturado pelos elementos substanciais do mundo e vitalizados pela presença pródiga da água, é um produto ou vestimenta transitória modelada na face do orbe que serve ao espírito, mas não é a sua identidade sideral definitiva. Assim, o que é nascido da carne é carne, isto é, o corpo físico limitado e transitório, no tempo e no espaço, enquanto a real identidade do ser é, em verdade, o nascido do Espírito.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Você acredita em cirurgia espiritual?


Equívocos humanos


     Deus criou  a energia atômica, o homem diabolicamente fez a bomba nuclear liquidando milhares de criaturas em poucos minutos; criou o álcool, que limpa metais, desinfeta ferimentos, move motores, dissolve tintas, aquece no frio e é um vasodilatador, mas o homem o usa para se perder no alcoolismo crônico. O Criador produz laranjas, pêras, maçãs, alface, repolho e cenouras, mas o homem despreza a dádiva divina de frutos e vegetais e, estupidamente, constrói matadouros, charqueadas e frigoríficos, onde trucida aves e animais, seus "irmãos menores", e depois os come assados, cozidos ou fritos, abarrotando de restos de cadáveres o cemitério do estômago. Sem dúvida, os civilizados superaram os honestos silvícolas, os quais devoravam a carne crua do adversário valente sem o requinte culpável da panela de pressão ou da churrasqueira moderna. Deus enfeitou as florestas com pássaros multicores, mas o homem, para descansar do trabalho semanal, diverte-se caçando e matando as aves no tétrico esporte da morte.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Uma questão de fé



"Se o espírito humano não está sintonizado com o espírito de Deus, ele não tem fé, embora talvez creia." 
Huberto Rohden

domingo, 15 de janeiro de 2012

Continuaremos anestesiando nossas mentes até quando?


Apoiamos esta campanha:


Efeitos da inatividade no serviço mediúnico

       O fluido magnético acumulado pela inatividade no serviço mediúnico transforma-se em tóxico pesando na vestimenta perispiritual causando a desarmonia no metabolismo neuro-orgânico. O sistema nervoso, como principal agente ou elo de conexão da fenomenologia mediúnica para o mundo físico, superexcita-se pela contínua interferência do perispírito hipersensibilizado pelos técnicos do Espaço, e deixa o médium tenso e aguçado na recepção dos mínimos fenômenos da vida oculta. Deste modo, o trabalho, ou intercâmbio mediúnico, significa para o médium o recurso que o ajuda a manter sua harmonia psicofísica pela renovação constante do magnetismo do perispírito, à semelhança do que acontece com a água estagnada da cisterna, que se torna mais potável quanto mais a renovam pelo uso. Na doação benfeitora de fluidos ao próximo, o médium se afina e sensibiliza para se tornar a estação receptora de energias de melhor qualidade em descenso do plano Superior Espiritual.

Ramatís - do livro MEDIUNIDADE DE CURA

sábado, 14 de janeiro de 2012

Alívio ao médium pela doação de fluídos

       O motivo por que o desenvolvimento disciplinado mediúnico e o serviço caritativo ao próximo, pela doação constante de fluidos do perispírito, proporciona certo alívio psíquico ao médium e o harmoniza com o meio onde habita. Algo semelhante a um acumulador vivo, ele sobrecarrega-se de energias do mundo oculto e depois necessita descarregá-las num labor metódico e ativo, que o ajude a manter sua estabilidade psicofísica. A descarga da energia excessiva e acumulada pela estagnação do trabalho mediúnico, fluindo para outro pólo, não só melhora a receptividade psíquica como ainda eleva a graduação vibratória do ser.

Ramatís - do livro MEDIUNIDADE DE CURA

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O médium enfermo "deve" ou pode transmitir passes?


           Não recomendamos a ninguém que receba passes mediúnicos ou magnéticos de criaturas com moléstias contagiosas, de moral duvidosa ou de costumes viciosos e censuráveis. É tão absurdo alguém pretender dar aquilo que ainda não possui em si mesmo, qual seja a saúde física ou espiritual, quanto ensinar aquilo que desconhece.
            E isso ainda se torna mais grave no caso do passe mediúnico ou magnético, pois desde que o médium se encontra enfermo, a sua tarefa mediúnica se torna contraproducente, uma vez que ele projetará algo de suas próprias condições enfermiças sobre os pacientes que se sintonizarem passivamente à sua faixa vibratória "psicofísica". Nos contágios acidentais entre pessoas sadias e enfermas, que ocorrem na vida cotidiana, aquelas que são assaltadas pelos germens, às vezes, ainda conseguem mobilizar à última hora as suas energias defensivas e então reagir em tempo, eliminando o potencial virulento alheio.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Exu Caveira, fiel guardião do livro da Lei nas zonas abissais do planeta


Exu Caveira, fiel guardião do livro da Lei nas zonas abissais  do planeta.

"Inúmeras vezes, os trabalhadores de Umbanda recebem ordens do Alto para proteger determinados centros kardecistas, defendendo-os contra entidades agressivas..."

PERGUNTA: É certo que a Umbanda faz conluio com falanges malfeitoras, no Espaço, a fim de conseguir melhor êxito nos trabalhos de "desmanchos" de feitiços e magia negra?
             RAMATÍS: Realmente, na Umbanda, doutrina que opera no seio da fenomenologia mais densa e repugnante do astral inferior, certas vezes os pais de terreiro precisam negociar com as chamadas falanges da "esquerda", a fim de conseguirem o desmancho da magia negra ou feitiço muito complexo, tal qual a polícia do mundo convoca um arrombador para abrir o cofre de que ninguém conhece o segredo!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

As moléstias se originam no mundo oculto das forças que alimentam o pensamento e o sentimento


 A saúde e a enfermidade são o produto da harmonização ou desarmonização do indivíduo para com as leis espirituais que do mundo oculto atuam sobre o plano físico; as moléstias, portanto, em sua manifestação orgânica, identificam que no mundo psíquico e invisível aos sentidos da carne, a alma está enferma! O volume de cólera, inveja, luxúria, cobiça, ciúme, ódio ou hipocrisia que porventura o espírito tenha imprudentemente acumulado no presente ou nas existências físicas anteriores forma um patrimônio “morbo-psíquico”, uma carga insidiosa e tóxica que, em obediência à lei da Harmonia Espiritual, deve ser expurgada da delicada intimidade do perispírito. O mecanismo ajustador da vida atua drasticamente sobre o espírito faltoso, ao mesmo tempo que o fardo dos seus fluidos nocivos e doentios vai-se difundindo depois pelo seu corpo físico.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

A linhagem carnal das famílias humanas


       
            Apesar da profunda emancipação do espírito sobre a matéria, há sempre semelhança na linhagem carnal de cada família humana, pois os filhos, os netos e os demais descendentes, quase sempre repetem e em novas "cópias carbono", certas características físicas motoras e fisiológicas já vividas pelos seus antepassados. Aqui, o filho é canhoto, penteia-se e escreve com a mão esquerda, como era hábito do seu avô; ali, a filha ri, tosse e gesticula de modo peculiar, conforme sua velha tia; acolá, os gestos bruscos e a prepotência do moço são cópia fiel dos pais. Não há, enfim, disparidade absolutamente entre o espírito e a carne dos componentes de cada família.
            Uma das funções educativas da matéria-corpo é, justamente, restringir a liberdade do espírito que a comanda, forçando-o a seguir determinados rumos em benefício do seu próprio desenvolvimento consciencial.


Ramatís - do livro ELUCIDAÇÕES DO ALÉM

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Castigos, sofrimentos e resgates de culpas pregressas



Raros espiritualistas mostram-se esclarecidos quanto ao verdadeiro sentido da recuperação cármica, pois mesmo entre os espíritas ainda confunde-se o programa técnico de limpeza perispiritual, com a concepção de castigos, sofrimentos ou resgates de culpas pregressas. Não existem departamentos corretivos nos planos superiores para punir falta dos filhos de Deus. Afora alguns "arremedos" de tribunais de justiça, sediados nas regiões do astral inferior sob o comando de entidades malévolas do submundo espiritual, a dor, desdita, desgraça, tragédia ou infelicidade são apenas fases de um processo técnico benfeitor, traçado inteligentemente pelos "Senhores do Carma", com o objetivo exclusivo de proporcionar a felicidade breve aos espíritos ignorantes.

Atanagildo - do Livro SEMEANDO E COLHENDO


domingo, 8 de janeiro de 2012

O que são os repastos vivos?



PERGUNTA: - Qual a significação mais exata dessa denominação de "repastos vivos" que já tendes dado por vezes àqueles que são vítimas dos espíritos maldosos do astral inferior?
            RAMATÍS: - Desde que a idéia de "repasto vivo" lembra refeição, é indubitável que estamos nos referindo às tristes condições de muitos encarnados que imprudentemente se transformam em verdadeiras refeições vivas para os desencarnados insaciáveis de sensações devassas e que, além de lhes exaurirem todas as energias vitais, enfraquecem-lhes a vontade e os tornam cada vez mais viciados aos desejos torpes do Além. Aqueles que não se decidem a modificar sua conduta desregrada na vida humana não tardam em se transformar na abjeta condição de prolongamentos vivos da mórbida vontade dos espíritos pervertidos. Depois de perderem o controle de si mesmos e apresentarem estranhas enfermidades que provocam diagnósticos sentenciosos da medicina terrena, passam a viver excitados e aflitos, incessantemente acionados pelos seus "donos" do Além, que chegam a evitar-lhes qualquer aproximação amiga ou ensejo redentor.

sábado, 7 de janeiro de 2012

Curas e fenômenos surpreendentes


         ...o equilíbrio vital da Criação tem seu sustentáculo nas vibrações dinâmicas de uma Luz Cósmica de Amor Infinito, que é Essência reflexa da Mente Divina. E assim como uma "usina piloto", embora condense a carga poderosa de milhares de "volts", este potencial de voltagem sendo graduado e reduzido por inúmeros transformadores, ajusta-se a fazer funcionar até um singelo barbeador elétrico, também, nas mesmas condições, a Luz Sidérea, que é uma irradiação da Sabedoria e do Amor infinitos do nosso Criador, flui e baixa a sua freqüência poderosa através de espíritos de várias graduações siderais, até chegar ao mundículo terreno, onde nutre e vitaliza o homem; o qual, por sua vez, manuseando-a com conhecimento de causa, efetua curas e operações cirúrgicas, obtendo resultados miraculosos. E o assombro dos que as testemunham é porque estes vêem o fenômeno somente pelo seu "exterior" ou superfície.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Você tem medo de olho gordo?

 
"...em face do primarismo espiritual da humanidade terrícola, é muito comum o intercâmbio de petardos fluídicos lançados dos olhos e gerados pelo ódio, ciúme, inveja ou vingança! O homem é uma poderosa usina viva e criadora quando sintoniza-se à freqüência angélica; mas destrói e infelicita, quando nivela-se às faixas diabólicas da vida inferior!" Ramatís - Magia de Redenção
A minha função espiritual faz de mim uma intermediária entre o humano e o sagrado e para exercê-la da melhor maneira possível tenho como instrumento o Jogo de Búzios. Pessoas de diferentes idades, raças e até mesmo credos, buscam a ajuda desse oráculo. Surpreende-me o fato de que uma grande parte dos que me procuram sente-se vítimas de inveja.
Engraçado é que nunca, nem um só dia sequer, alguém chegou pedindo-me ajuda para se libertar da inveja que sentia dos outros. Será que só existem invejados? Onde estarão os invejosos? E o pior é quando consulto o oráculo e ele me diz que os problemas apresentados não são decorrentes de inveja, a pessoa fica enfurecida.

Médium, como está a qualidade do teu ectoplasma?


PERGUNTA: - Podeis dizer-nos algo sobre o ectoplasma?
            RAMATÍS: - O ectoplasma é a parte da célula que fica entre a membrana e o núcleo, ou a porção periférica do citoplasma, conforme vos explica a ciência acadêmica. Entre os espíritas é geralmente conhecido como um plasma de origem psíquica, que se exsuda principalmente do médium de cura e algo das outras pessoas em comum que também são doadores indiretos. Quando os espíritos desencarnados podem dispor dele em bastante quantidade, então o usam para a produção de fenômenos mediúnicos após combinarem-no com outras substâncias extraídas do reservatório oculto da Natureza.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Os rótulos que fragmentam as leis cósmicas


       O “estar” teosofista, maçom, hinduísta, budista, rosacruciano, espírita, umbandista é mero rótulo que fragmenta as leis cósmicas na Terra e separa o homem de sua essência, que é “ser” espírito, iludindo-o com a aparência transitória da personalidade terrena, algemada ao molde da carne.
              Vibrando na essência permanente da umbanda, do Alto para a Terra, unem-se espíritos de pretos velhos, caboclos, crianças, exus, hindus, árabes, etíopes, chineses, europeus, negros, vermelhos, amarelos e brancos, que se manifestam aos vossos olhos por todas as raças que já pisaram em solo terreno. O que é “permanente” e se fará infinito, como unidade essencial nas diversas formas de exteriorização da umbanda, é o amor e a caridade em nome do Cristo.

Ramatís - do livro "A Missão da Umbanda"

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

A faculdade mediúnica com o Cristo


As forças psíquicas tanto se degradam na manifestação espetacular que só exalta a personalidade humana transitó­ria, como se deturpam quando são transformadas em mer­cadoria destinada a criar todas as facilidades ou atender aos caprichos da vida física. Os valores legítimos da faculdade mediúnica, quando são desenvolvidos e praticados com o Cristo, não produzem as quedas e as humilhações que aba­lam a vida tumultuosa dos médiuns imprudentes.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A história de Pai Ambrósio - encontros ecumênicos no Além.




               Obediente ao próprio esquema traçado pelo Alto, a Umbanda evolui, dia a dia, no sentido de tomar-se a cobertura religiosa ao sentimento devocional e religioso do povo brasileiro, enquanto ainda o esclarece pelos ensinamentos avançados da Lei do Carma e da Reencarnação! 

Criança, a alma do negócio


Filmes e documentários - Criança, a alma do negócio (Brasil)

Por que meu filho sempre me pede um brinquedo novo? Por que minha filha quer mais uma boneca se ela já tem uma caixa cheia de bonecas? Por que meu filho acha que precisa de mais um tênis? Por que eu comprei maquiagem para minha filha se ela só tem cinco anos? Por que meu filho sofre tanto se ele não tem o último modelo de um celular? Por que eu não consigo dizer não? Ele pede, eu compro e mesmo assim meu filho sempre quer mais. De onde vem este desejo constante de consumo?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics