quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O espírito pode ser destruído?

          O espírito, realmente, encarna-se; não nasce, não cresce, não envelhece e não morre propriamente na carne. É centelha cósmica da Chama Criadora, que é Deus; portanto, não renasce nem é destruído. O ego espiritual desce vibratoriamente ao mundo carnal, a fim de desenvolver a consciência e ter noção de si mesmo, passando a existir como entidade emancipada, porém subordinado às leis do próprio Criador, pois, embora o espírito seja eterno e disponha do seu livre arbítrio, jamais se isola do Todo. E o seu autoconhecimento, ele o adquire mediante as deduções do seu mundo interior, que resultam do seu contato com o mundo exterior.

Ramatís - A Vida Humana e o Espírito Imortal
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics