quarta-feira, 18 de maio de 2011

A chegada da Nova Era



* * * 
Entendemos "Nova Era" como um novo estado de consciência que ocasionará atitudes menos egoístas e mais altruísticas, menos individualistas e mais coletivas. Então, continuaremos poluindo os pontos de forças dos Orixás?


* * *
 Novo planeta apresenta condição de ter vida

O novo planeta, chamado Gliese 581g, seria o primeiro mundo com características semelhantes a da Terra com uma região onde a temperatura do planeta poderia abrigar e manter água e líquidos em sua superfície. Os descobridores do planeta estão otimistas sobre as perspectivas de encontrar vida ali. Dada a onipresença e a propensão da vida florescer onde é possível, os descobridores dizem que as chances de vida no planeta são 100 por cento, disse Steven Vogt, professor de astronomia e astrofísica da Universidade da Califórnia Santa Cruz.

Conceitos

Novo Planeta com Condições de Vida
Novo Planeta com Condições de Vida
É uma descoberta tanto incremental e monumental. Incremental, pois o método utilizado para encontrar o novo planeta já encontrou diversos corpos astronômicos a maioria dos planetas conhecidos na zona das suas estrelas habitáveis, com planetas diferentes da Terra dentro da zona habitável .
É realmente monumental se você aceitar isto como o primeiro planeta semelhante à Terra já encontrado na zona habitável da estrela, disse Seager, que não esteve diretamente envolvido na descoberta. O planeta recém descoberto se junta aos mais de 400 outros mundos alienígenas conhecidos até agora. A maioria são gigantes cheio de gás, embora vários são apenas algumas vezes do mesmo tamanho da massa da Terra.

Localização

Características
Características
Gliese 581g é um dos dois novos mundos a equipe descobriu que estão na órbita Gliese 581, que conta com cerca de seis planetas em sua órbita. O outro planeta recém descoberto, Gliese 581f, está fora da zona habitável, disseram os pesquisadores. A estrela fica a 20 anos-luz da Terra, na constelação de Libra. Um ano-luz corresponde a aproximadamente 10 trilhões de km. As estrelas que lá residem são cerca de 50 vezes mais escuro do que o nosso sol. Uma vez que estas estrelas são muito frias, seus planetas orbitam muito perto deles e ainda permanecer na zona habitável.

Órbita Rápida

Sobre
Sobre
As estimativas sugerem que o novo planeta possui apenas 0,15 unidades astronômicas de distância de sua estrela, perto o suficiente dela para ser capaz de completar uma órbita em apenas 37 dias. Uma unidade astronômica é a distância média entre a Terra eo sol, que é de aproximadamente 150 milhões de quilômetros. Com o apoio da National Science Foundation e pela NASA, os cientistas pesquisaram por 11 anos os dados de velocidade radial da estrela. Este método analisa movimentos minúsculos de uma estrela devido à força gravitacional de corpos orbitais.

Gliese 581g tem uma massa de três a quatro vezes à da Terra, segundo estimativas dos pesquisadores. Do tamanho de massa estimado, eles disseram que o ambiente é provavelmente um planeta rochoso com gravidade suficiente para reter uma atmosfera. Assim como Mercúrio está parado virado para o sol, o novo planeta está preso à sua estrela, de modo que um lado se aquece na luz do dia enquanto o outro permanece na escuridão. Esta configuração travada ajuda a estabilizar o clima da superfície do planeta. Entre o calor abrasador do lado das estrelas e enfrentando um frio congelante do lado escuro, a temperatura média da superfície pode variar de 31 graus abaixo de zero a 74 graus Celsius.

Mas como nem tudo é perfeito, a “Super Terra” não possui o movimento de rotação, o que resulta na divisa do planeta em dois, uma sempre iluminada e outra sempre escura. Enfim, temos agora um planeta muito parecido com o nosso, com um tamanho relativamente grande, mas pouco estudado ainda por conta de sua distância. Mudando um pouco a visão, outro planeta teoricamente “suportável” pelos humanos é Marte, que está bem mais próximo da nossa realidade.

Especulações apontam para viagens interplanetárias para daqui uns 15 anos, onde plantas e humanos serão enviados ao planeta vermelho para que testes sejam realizados. O maior problema em marte não é a temperatura, a qual é perfeita para a vida, mas sim a respiração, sendo que existe demasiado gás carbônico, impróprio para nossa respiração, para tentar melhorar este quadro, plantas serão enviadas como já comentado acima.

Na verdade, ao longo das galáxias alguns astros gasosos de constelações são encontrados com condições perfeitas de temperatura, sendo o problema maior realmente os gases tóxicos e a distância, mas quem disse todos os seres vivos respiram oxigênio? As plantas respiram gás carbônico, ou estou errado? O que é, em suma, essencial para a vida é água líquida, para isso, necessitamos de temperatura e pressão ideais, o que não está mais tão difícil assim de ser encontrado, literalmente um novo brilho no olhar de astrônomos e ufólogos sonhadores.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics