quarta-feira, 9 de março de 2011

Yemanjá - vídeo 9 estudo sistematizado




Para compreendermos os atributos de Yemanjá precisamos conhecer um pouco o seu reino, onde sua energia atua com maior intensidade. A grande mãe das águas, sua representação está, especificamente, nos mares e nos oceanos.
Os mares são a grande fonte da vida como a conhecemos hoje e que ainda abriga toda uma complexa flora e fauna. Nas suas águas a vida se renova a todo instante. Com a sua imensidão assustadora, quando manso, o mar, traz tranqüilidade, paz, abundância e prosperidade para aqueles que dele necessitam para sobreviver. Quando ele está agitado, suas ondas destroem e leva tudo o que estiver ao seu alcance.
Assim é Yemanjá, no seu aspecto positivo, trazendo prosperidade e abundância em todos os sentidos, acolhimento, bem-estar a todos. É o amor que sustenta as famílias, as uniões, os grupos, as amizades. A vibração de Yemanjá leva-nos ao amor maternal, com desapego, fazendo com que seus filhos sejam cidadãos do mundo.
Aspectos Negativos: Avareza, rejeição, medo, apego, posse excessiva, paralisa o progresso, mesquinhez, insensibilidade. 
Sincretizada com Maria, mãe de Jesus, que para os católicos é a Mãe de todos os seres humanos, aquela que vê os seus filhos com a pura ótica do amor, a que sempre estará nos esperando com os braços abertos para confortar e amparar sem julgamentos. 
Os tipos psicológicos dos filhos de Yemanjá podem ser imponentes, bonitos, majestosos, dignos, calmos, sensuais e fascinantes, faz-nos lembrar o canto da sereia. As filhas de Yemanjá são boas educadoras, organizadas no lar e dadas no relacionamento social familiar. Porém, tendem a ser vingativas, a ter dificuldade de perdoar as ofensas e, geralmente, são ciumentas e possessivas com as pessoas que amam.
No aspecto esotérico Yemanjá está relacionada com o chacra frontal, ligado diretamente à mente não racional (intuição) e a clarividência. Ele favorece, diretamente, o funcionamento da glândula pituitária, da pineal, o do sistema nervoso e, de certa forma, do cérebro.
 Costuma ser chamado de “chakra mestre”, uma vez que dirige e controla os demais chakras e suas glândulas endócrinas correspondentes. Este chakra também está relacionado aos olhos e ao nariz.
Os sentimentos e valores que costumam gerar desequilíbrios neste chakra são, essencialmente, o orgulho, a prepotência e o materialismo.
Fonte: livro Umbanda Pé no Chão.

Assista o vídeo 9 estudo sistematizado:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics