quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Umbanda, essa desconhecida


"Umbanda, essa Desconhecida" tornou-se, ao longo de quase três décadas, uma obra básica de referência para os estudiosos da Umbanda, e agora está revista e ampliada.
O sábio mestre oriental Babajiananda (Pai Tomé) desvendou aqui, pela primeira vez, as desconhecidas origens ancestrais do culto e seu ressurgimento no Brasil, por determinação dos Dirigentes Planetários, em 1908, pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas.
De forma clara e didática, são revistos conceitos fundamentais ainda pouco compreendidos da temática umbandista: que são, na verdade, os Orixás, e o que significam seus nomes originais? Como operam as Linhas de Umbanda? Quem são os seus médiuns? O que é um babá, um babalorixá? O que é magia? Afinal, o que são Exus? Qual é a estrutura oculta das falanges de Umbanda? Traz orientações sobre as práticas, como oferendas e despachos, pontos cantados e riscados, guias, banhos de ervas, a estruturação de um centro, criação de um gongá, obrigações, desenvolvimento e iniciações dos médiuns etc.
O extraordinário diferencial desta obra é a desmistificação dos pretensos "mistérios", das práticas descabidas e dos comportamentos mediúnicos e crenças inconsistentes, subproduto da desinformação.
Embasada nos milenares conhecimentos esotéricos, mas temperada pela simplicidade amorável dos terreiros, dela surge uma Umbanda luminosa, baluarte da Espiritualidade Maior planetária.
Roger Feraudy, consagrado autor de uma dezena de obras de sucesso com mais de 55 anos de prática umbandista, por determinação de Pai Tomé e de acordo com a sua índole espiritual crística, sempre praticou a mediunidade com Jesus. Já retornou para o Plano Espiritual e brilha mais uma estrela nos céus de Aruanda.


Homenagem e agradecimento ao nosso pai espiritual:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics