CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

- PRESENCIAL E GRATUITO.

O curso objetiva transmitir aos participantes uma consciência espiritual, dentro da tradição de oralidade da Umbanda de raiz; presencial, de boca a orelha. A palavra verbalizada é fundamento, conduz axé e um fluxo de consciência do espiritual para o material, do orientador para os “alunos”.

INÍCIO: dia 18 de março de 2020, encontros semanais, toda quarta-feira, com DURAÇÃO de 8 a 10 semanas.

HORÁRIO: das 20 h e 00 min às 21 h e 30 min (o portão de entrada abre às 19 h e 30 min).

LOCAL: Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade

Rua Barão de Tramandaí, nº 23 – Passo d’Areia

Porto Alegre – RS

INSCRIÇÕES: somente 30 vagas e as inscrições serão presenciais em dia de Gira, na secretaria do Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade, às sextas-feiras à noite, a partir do dia 28/02/20. Não faremos inscrições por email ou WhatsApp. É pré-requisito comparecer, se fazer presente para se inscrever. As aulas não serão gravadas nem transmitidas ao vivo.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

As aulas serão dinâmicas – o primeiro tempo de sustentação oral pelo facilitador e o segundo interativo com perguntas e respostas. Não utilizaremos recursos audiovisuais e não concederemos certificado. Os conteúdos estão no livro UMBANDA PÉ NO CHÃO. Recomendamos a leitura do livro para melhor aprendizado de cada aula, conforme o programa a seguir:

Origem e história da Umbanda: advento do Caboclo das Sete Encruzilhadas

Estrutura astral do movimento umbandista

O que são Orixás, Guias e Falangeiros

Formas de apresentação dos espíritos

As linhas de trabalho

As firmezas e tronqueiras

O cruzeiro das almas

A Curimba, os cantos e os toques – a música sacra de terreiro

Os preceitos

As consagrações

A convergência universalista da Umbanda

As influências e diferenças dos cultos africanos, da pajelança indígena,

do catolicismo e do espiritismo

O axé através da mediunidade;

Estrutura energética do homem, Carma e regência dos Orixás

Finalidade dos amacis e banhos de ervas

A importância do ritual, o espaço sagrado nos terreiros e sua diversidade de culto

O transe nos terreiros

A incorporação consciente

As diferenças ritualísticas e a formação da consciência umbandista

A união nas desigualdades; Religião, filosofia, ciência e arte

A magia na Umbanda; as dimensões física, etérica, astral e a movimentação

mediúnica de energias entre elas;

O fundamento dos elementos e dos condensadores energéticos: ar, terra, fogo e água, álcool, ervas, a fumaça, o som; as guias; os pontos riscados; a pólvora; as oferendas; a água;

Os fundamentos do congá (atrator, condensador, dispersor, expansor,

transformador e alimentador)

A sessão de caridade;

O preparo

O desenvolvimento mediúnico

O que se aprende nas sessões de desenvolvimento?

Os passes e aconselhamentos espirituais

Por que os Orixás não incorporam?

A desobsessão na umbanda

O que sãos Orixás?

Os sítios vibracionais dos Orixás

Alguns tipos psicológicos associados aos Orixás; Oxalá, Yemanjá, Xangô, Ogum, Iansã, Oxum, Oxossi, Nanã Buruquê, Omulu.


segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Resumo das leis da apometria


-          aplicação de pulsos magnéticos, impulsionados pela força mental individual e coletiva, através de contagem e estalar de dedos, para indução ao desdobramento / da mesma maneira, se acopla / contrário de desdobramento
          Isto ocorre no atendimento em que o consulente está sentado no meio do grupo na frente do congá. Esta contagem é feita com estalar de dedos no alto da cabeça, expandindo e desdobrando os corpos espirituais. Facilita-se a sintonia dos médiuns com os bloqueios energéticos existentes, como por exemplo alguns “nódulos”, magismo e aparelhos colocados no duplo etéreo do atendido.
-          com os médiuns desdobrados, os benfeitores espirituais conduzem os trabalhos onde se fizer necessário: casa do consulente, umbral inferior, alas hospitalares
         No mesmo tempo que se desdobra o consulente, o grupo mediúnico também está desdobrado. A partir desta “nova” realidade, o deslocamento no plano espiritual fica facilitado, pelo fato de sermos doadores de ectoplasma ao mundo espiritual, que assim poderá interceder a favor da caridade assistencial onde se fizer necessário.
-          formação de campos de forças de natureza magnética: proteção, higienização, contenção e defesa
Utilizamos formas geométricas: pirâmide, triângulo, cones, outras. São plasmados no astral, pela força mental do dirigente invocador, estes campos de forças durante os atendimentos sempre que se fizer necessário.
   
-          age nas lembranças oriundas da memória perene contida no inconsciente, no sentido de desfazer os estímulos “recordativos” estímulos de memória – despolarização – que estão originando as ressonâncias de vidas passadas
      Quando o médium sintoniza uma situação traumática de vida passada do consulente, que está vibrando e o desarmonizando no presente, é possível amenizarmos esta ressonância através da catarse que o médium sofre durante o atendimento apométrico. Exemplificando: o atendido tem sofrido de convulsões súbitas, sem causa aparente. No atendimento se verifica que ele desencarnou preso num poço após uma queda e que hoje sempre ao chegar perto de rios e lagos fica convulsionado. O médium vivenciando a catarse como se fosse ele caído no poço de outrora, alivia o consulente do mal estar que o está afligindo no momento presente.
 -          interferência e alteração da coesão molecular do duplo etéreo, propiciando a modificação do seu padrão vibratório, facilitando as incisões cirúrgicas realizada pelos benfeitores espirituais
O desdobramento induzido desloca e expande o duplo etéreo do corpo físico, deixando-o menos denso e mais propício à intercessão dos espíritos guias que realizam as cirurgias astrais. Isto é feito muito rápido e o consulente nada sente. Pode somente ficar com sonolência após o atendimento e no dia seguinte sentir-se um pouco cansado. Recomendamos repouso, alimentação e ingestão de líquidos no dia seguinte a este tipo de atendimento.
-          doação de energia e aplicação da força mental, recompondo membros e refazendo formas astrais
Exatamente pela atuação no duplo etéreo. Doamos ectoplasma e intencionalmente, com auxílio dos guias espirituais, procedemos a recomposição de membros danificados de espíritos sofredores e refazemos formas astrais nos casos em que haja deformação do corpo astral; espírito se enxerga com aspectos animalescos, com garras, peludo, etc.
 
Texto integrante do livro UMBANDA PÉ NO CHÃO - Editora do Conhecimento.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics