CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

O CURSO FOI PROVISORIAMENTE SUSPENSO PELO RECESSO CORONAVÍRUS. REMARCAREMOS FUTURAMENTE E TODOS OS INSCRITOS TEM SUA VAGA GARANTIDA.


CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

- PRESENCIAL E GRATUITO.

O curso objetiva transmitir aos participantes uma consciência espiritual, dentro da tradição de oralidade da Umbanda de raiz; presencial, de boca a orelha. A palavra verbalizada é fundamento, conduz axé e um fluxo de consciência do espiritual para o material, do orientador para os “alunos”.

INÍCIO: dia 18 de março de 2020, encontros semanais, toda quarta-feira, com DURAÇÃO de 8 a 10 semanas.

HORÁRIO: das 20 h e 00 min às 21 h e 30 min (o portão de entrada abre às 19 h e 30 min).

LOCAL: Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade

Rua Barão de Tramandaí, nº 23 – Passo d’Areia

Porto Alegre – RS

INSCRIÇÕES: somente 30 vagas e as inscrições serão presenciais em dia de Gira, na secretaria do Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade, às sextas-feiras à noite, a partir do dia 28/02/20. Não faremos inscrições por email ou WhatsApp. É pré-requisito comparecer, se fazer presente para se inscrever. As aulas não serão gravadas nem transmitidas ao vivo.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

As aulas serão dinâmicas – o primeiro tempo de sustentação oral pelo facilitador e o segundo interativo com perguntas e respostas. Não utilizaremos recursos audiovisuais e não concederemos certificado. Os conteúdos estão no livro UMBANDA PÉ NO CHÃO. Recomendamos a leitura do livro para melhor aprendizado de cada aula, conforme o programa a seguir:

Origem e história da Umbanda: advento do Caboclo das Sete Encruzilhadas

Estrutura astral do movimento umbandista

O que são Orixás, Guias e Falangeiros

Formas de apresentação dos espíritos

As linhas de trabalho

As firmezas e tronqueiras

O cruzeiro das almas

A Curimba, os cantos e os toques – a música sacra de terreiro

Os preceitos

As consagrações

A convergência universalista da Umbanda

As influências e diferenças dos cultos africanos, da pajelança indígena,

do catolicismo e do espiritismo

O axé através da mediunidade;

Estrutura energética do homem, Carma e regência dos Orixás

Finalidade dos amacis e banhos de ervas

A importância do ritual, o espaço sagrado nos terreiros e sua diversidade de culto

O transe nos terreiros

A incorporação consciente

As diferenças ritualísticas e a formação da consciência umbandista

A união nas desigualdades; Religião, filosofia, ciência e arte

A magia na Umbanda; as dimensões física, etérica, astral e a movimentação

mediúnica de energias entre elas;

O fundamento dos elementos e dos condensadores energéticos: ar, terra, fogo e água, álcool, ervas, a fumaça, o som; as guias; os pontos riscados; a pólvora; as oferendas; a água;

Os fundamentos do congá (atrator, condensador, dispersor, expansor,

transformador e alimentador)

A sessão de caridade;

O preparo

O desenvolvimento mediúnico

O que se aprende nas sessões de desenvolvimento?

Os passes e aconselhamentos espirituais

Por que os Orixás não incorporam?

A desobsessão na umbanda

O que sãos Orixás?

Os sítios vibracionais dos Orixás

Alguns tipos psicológicos associados aos Orixás; Oxalá, Yemanjá, Xangô, Ogum, Iansã, Oxum, Oxossi, Nanã Buruquê, Omulu.


segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Omulu - tipos psicológicos



Orixá da transformação e agente cármico a que todos os seres vivos estão subordinados. Omulu rege a "reconstrução de corpos" para os espíritos ocuparem ao renascer. Assim todos nós temos o corpo de acordo com a nossa necessidade de reajustamento evolutivo. Todas as doenças físicas que somos receptivos são necessárias ao fortalecimento de nossos espíritos. Omulu não causa doença, ele a leva embora, “devolve” para a Terra.
Corresponde a nossa necessidade de compreensão de carma, de regeneração, de evolução, transformações e transmutações existenciais.
Representa o desconhecido e a morte, a terra para onde voltam todos os corpos e que não guarda apenas os componentes vitais para a vida, mas também o segredo do ciclo de nascimento e desencarne.
É o Orixá da Misericórdia. Está presente nos leitos dos hospitais, ambulatórios, em todas as enfermidades e a sua invocação, nessas horas, pode significar a cura, o alívio e a recuperação da saúde. ( dentro da Lei Divina - merecimento).
Ele transforma tudo e descarrega para a terra.

Os tipos psicológicos dos filhos de OMULU podem ser fechados, amuados, sem jeito no trato social e apagado na conquista amorosa. São de grande resistência e capazes de enormes esforços. Tendem ao pessimismo, com idéias auto-destrutivas que os prejudicam no dia a dia. São um tanto solitários e melancólicos, podendo ser amargos com as pessoas. Por outro lado, para ajudar alguém doente, são determinados, resistentes e obstinados para auxiliar. Podem reprimir suas ambições pessoais, adotando uma vida de humildade, de pobreza voluntária e até de certa flagelação psíquica. São lentos, todavia de grande perseverança, sendo firmes como uma pedra quando querem algo. Assim perdem a espontaneidade e a flexibilidade para se adaptarem aos imprevistos do caminho, se tornando rígidos e resistentes às mudanças. Quando ofendidos, podem se tornar cruéis e impiedosos. São "protegidos" contra qualquer tipo de magia. A mediunidade é aguçada desde muito jovem.


Aspectos Positivos: Os filhos de Omulu chegam a ser “esquisitos” com seu temperamento controlado. Se dão bem nos estudos e pesquisas; medicina. São capazes de se anularem para proporcionar bem-estar a terceiros, fazendo disso sua maior motivação na vida. São dedicados aos outros, exímios curadores, altruístas, sensibilidade mediúnica apurada, ajudam a entender as dores, fiéis e zelosos pela amizade.



Aspectos Negativos: Ele está presente em nosso dia-a-dia, quando sentimos dores, agonia, aflição ansiedade, coceiras e comichões.
Esquisitice, vaidade exagerada, maldade, morbidez, indolência. São ciumentos e remoem sozinhos as suas mágoas. Mau-humor. São solitários, fixam-se nos sofrimentos, colocam-se como vítimas. fascinação, magoam pois só vêm os defeitos, orgulhosos, desconfiados e rígidos, depressivos e melancólico.

( este texto faz parte do livro "Umbanda Pé no Chão - Editora do Conhecimento )
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics