CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

O CURSO FOI PROVISORIAMENTE SUSPENSO PELO RECESSO CORONAVÍRUS. REMARCAREMOS FUTURAMENTE E TODOS OS INSCRITOS TEM SUA VAGA GARANTIDA.


CURSO UMBANDA PÉ NO CHÃO COM NORBERTO PEIXOTO.

- PRESENCIAL E GRATUITO.

O curso objetiva transmitir aos participantes uma consciência espiritual, dentro da tradição de oralidade da Umbanda de raiz; presencial, de boca a orelha. A palavra verbalizada é fundamento, conduz axé e um fluxo de consciência do espiritual para o material, do orientador para os “alunos”.

INÍCIO: dia 18 de março de 2020, encontros semanais, toda quarta-feira, com DURAÇÃO de 8 a 10 semanas.

HORÁRIO: das 20 h e 00 min às 21 h e 30 min (o portão de entrada abre às 19 h e 30 min).

LOCAL: Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade

Rua Barão de Tramandaí, nº 23 – Passo d’Areia

Porto Alegre – RS

INSCRIÇÕES: somente 30 vagas e as inscrições serão presenciais em dia de Gira, na secretaria do Grupo de Umbanda Triângulo da Fraternidade, às sextas-feiras à noite, a partir do dia 28/02/20. Não faremos inscrições por email ou WhatsApp. É pré-requisito comparecer, se fazer presente para se inscrever. As aulas não serão gravadas nem transmitidas ao vivo.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

As aulas serão dinâmicas – o primeiro tempo de sustentação oral pelo facilitador e o segundo interativo com perguntas e respostas. Não utilizaremos recursos audiovisuais e não concederemos certificado. Os conteúdos estão no livro UMBANDA PÉ NO CHÃO. Recomendamos a leitura do livro para melhor aprendizado de cada aula, conforme o programa a seguir:

Origem e história da Umbanda: advento do Caboclo das Sete Encruzilhadas

Estrutura astral do movimento umbandista

O que são Orixás, Guias e Falangeiros

Formas de apresentação dos espíritos

As linhas de trabalho

As firmezas e tronqueiras

O cruzeiro das almas

A Curimba, os cantos e os toques – a música sacra de terreiro

Os preceitos

As consagrações

A convergência universalista da Umbanda

As influências e diferenças dos cultos africanos, da pajelança indígena,

do catolicismo e do espiritismo

O axé através da mediunidade;

Estrutura energética do homem, Carma e regência dos Orixás

Finalidade dos amacis e banhos de ervas

A importância do ritual, o espaço sagrado nos terreiros e sua diversidade de culto

O transe nos terreiros

A incorporação consciente

As diferenças ritualísticas e a formação da consciência umbandista

A união nas desigualdades; Religião, filosofia, ciência e arte

A magia na Umbanda; as dimensões física, etérica, astral e a movimentação

mediúnica de energias entre elas;

O fundamento dos elementos e dos condensadores energéticos: ar, terra, fogo e água, álcool, ervas, a fumaça, o som; as guias; os pontos riscados; a pólvora; as oferendas; a água;

Os fundamentos do congá (atrator, condensador, dispersor, expansor,

transformador e alimentador)

A sessão de caridade;

O preparo

O desenvolvimento mediúnico

O que se aprende nas sessões de desenvolvimento?

Os passes e aconselhamentos espirituais

Por que os Orixás não incorporam?

A desobsessão na umbanda

O que sãos Orixás?

Os sítios vibracionais dos Orixás

Alguns tipos psicológicos associados aos Orixás; Oxalá, Yemanjá, Xangô, Ogum, Iansã, Oxum, Oxossi, Nanã Buruquê, Omulu.


segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Nanã - tipos psicológicos


Atributo: Calma e misericórdia

       Nanã é o momento inicial em que a água brota da terra ou da pedra.  Soberana de todas as águas. É também a lama, é terra em contato com a água. É o pântano, o lodo, sua principal morada e regência. Ela é a chuva, a tempestade, a garoa.
Nanã é a mãe, boa, querida, carinhosa, compreensível e sensível.
Ela é a senhora da passagem desta vida para outra; comandando o portal mágico, a passagem das dimensões.

       Este Orixá relembra a nossa ancestralidade mística, o momento em que fomos criados espírito. A água na Terra foi necessária para a geração da vida, tendo o barro ou lama um simbolismo correspondente no momento que fomos "feitos" pelo Pai. Assim, Nanã é considerada a Grande Mãe. Ela reconduz os espíritos desencarnados para o mundo espiritual, aconchegando-os em seus braços.

      Os tipos psicológicos dos filhos de NANÃ podem ser tímidos e ao mesmo tempo serenos. Por vezes são severos nos seus valores morais e austeros na educação da família. Não raro são rabugentos, o que os fazem serem até temidos. Geralmente não são sensuais e não se ligam as questões da sexualidade. Muitas vezes por medo de serem amados e virem a sofrer, se dedicam com afinco a parte profissional, sendo dispostos à ascensão social.
Quanto à calma e lentidão para tomar decisões que lhes são peculiares em qualquer momento da vida, acabam gerando conflitos com pessoas ativas e dinâmicas.
Em equilíbrio, são pessoas bondosas, simpáticas, bonachonas e dignas de confiança. Dão excelentes avós.

     Aspectos Positivos: Sensatez; perseverança; ordem; objetividade; paciência e respeitabilidade. calma, sem pressa para realização. O tempo não os aflige. São benevolentes, gentis, mansos, como se fossem bons e amorosos avós. 

      Aspectos Negativos: Conservadorismo extremado; preguiça; avareza; indiferença; estupidez. Demorados, teimosos e rabujentos. Adiam as decisões e podem ser vingativos.


Saúde: lentidão nas reações motoras e mentais. Retenção de líquidos.
Mineral: ouro branco, ametista.
Flores: de cor roxa.
Chacra: básico

Metal – Ouro branco
Planeta – Lua  que é o regente de Câncer - Ligação com as águas; junção da água  das chuvas e o solo barrento e pantanoso. Trabalhar o passado, soltando, libertando e deixando ir o que não serve mais.

Signo – Escorpião que é regido por Plutão   – Ligação com as águas paradas e profundas – o mangue. A expressão “eu calo” de escorpião que observa e que é profundo no sentir os ambientes e a psique humana. A capacidade de vivenciar a dor e o sofrimento e renascer mais forte, com maior capacidade de domínio sobre as próprias emoções.
( este texto faz parte do livro "Umbanda Pé no Chão - Editora do Conhecimento )
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google analytics